Cultura global importada de Hollywood

31 de outubro de 2008 · 14 comentários

No dia 31 de Outubro de cada ano, a criançada veste umas roupas divertidas de bruxas, piratas e coisas assim e devidamente orientadas pelos mais velhos, vão para a rua comemorar o Halloween, um culto importado da América, através dos seus filmes e séries de televisão. É a cultura global importada de Hollywood.

Estas datas não são escolhidas ao acaso. O dia 2 de Novembro é conhecido como o «Dia dos Finados» e os povos sempre homenagearam especialmente os seus mortos nesta data. A Igreja Católica, para se demarcar deste evento, mas aproveitando a proximidade da data, instituiu há imenso tempo o «Dia de Todos os Santos», festejando-o no dia 1 de Novembro. Em muitos países (Portugal, por exemplo) esse dia é feriado religioso. Este facto fez com que as pessoas aproveitassem o feriado para se deslocarem aos cemitérios em homenagem aos seus falecidos. Por cá também havia a tradição do «Pão por Deus». Ainda haverá?

As centenas de milhares de pessoas oriundas da Europa, ao povoarem a América, levaram os seus costumes tradicionais. O «Dia de Todos os Santos» e o «Dia dos Finados» também viajaram para aquele gigantesco país. Hollywood fez o resto.

Portanto, estamos a falar de coisas associados a Escorpião, signo onde se realizam estes eventos.

Como uma engrenagem

30 de outubro de 2008 · 13 comentários

Foi enviada agora a newsletter do site da Escola de Astrologia Nova-Lis para todas as pessoas inscritas, a informar da existência dos Cursos Online Nova-Lis e da Comunidade Astrologia (rede social). No exacto momento em que o eixo nodal contacta com o meu Plutão natal. Os assuntos com o público em alta. Foi uma grande caminhada até aqui. Estes projectos correspondem a dois pólos que me são muito gratos: o conhecimento e o convívio. O saber e a informação. O estudo organizado e a divulgação. Porque acredito que este Plutão em Capricórnio vai ensinar-nos a trabalhar, desenvolver e socializar de forma muito diferente daquela a que estávamos habituados até agora. A prática astrológica também passará por ajustamentos. Os novos tempos não são destinados a mudanças apenas na economia, nas empresas, nas famílias e nas pessoas. Como a prática astrológica é feita por pessoas, obviamente que a mudança de paradigma também irá tocar esta área que interessa a muitos de nós.

Congresso de astrologia

29 de outubro de 2008 ·

O 27º Congresso Ibérico de Astrologia, a realizar-se em 2010 no Estoril, Portugal, já tem logótipo. É este que está mais acima. Este congresso está a ser organizado por Maria João Macieira, proprietária da revista «Lótus». Na «Comunidade Astrologia» foi criado o grupo dedicado a este congresso. Aqui.

Do melhor que tenho lido nos últimos tempos

28 de outubro de 2008 · 8 comentários

Isto, aqui.

1º Raio

27 de outubro de 2008 · 15 comentários

O que será o universo? Gosto de o ver como sendo o "corpo físico" do Omnipresente e Omnisciente, do Grande Arquitecto. Será? Pelo menos, parece. Será que o Grande Arquitecto é mesmo Omnipresente e Omnisciente? Às vezes parece ser isso tudo e muito mais e muitas vezes, não me parece nada que o seja. Mas isto é matéria da minha "ilusão" pessoal, que não cabe aqui, pois há muito tempo deixei as certezas de lado.

Também parece que o Omnipresente teve ajudas das suas próprias criações. Do género matrioska (nem sei se está bem escrito). Uma "realidade" dentro de outra "realidade", dentro de mais outra "realidade". Um universo dentro de outro universo, por aí fora. A quântica começa a explicar estas coisas.

Os espíritas, os teosóficos e os budistas estavam, entiveram muito à frente do seu tempo. Pelo facto de serem "movimentos" trabalhados pelos seres humanos, havia de tudo - do muito bom ao mau. Sempre houve o ser absolutamente abnegado na sua tarefa, até ao mais interesseiro dos patifes, disfarçados de "boa pessoa". E não há mal nenhum nisto. É a vida a funcionar.

Em tudo o que de positivo trouxeram para a humanidade pode-se considerar que eram escolas de grande importância. Se eram iniciáticas, isso não sei. Eram místicas, o que já é muito. Só que foram surgindo outras. Parece ser difícil conviver com tantas escolas. Muitos "ralham"... Eu próprio criei uma escola de astrologia... Portanto, escolas, há muitas. E ainda bem que assim é.

A questão é que a energia geral do planeta mudou nos últimos anos. Essas escolas foram percebendo que novos tempos eram chegados. Muitas escolas ainda resistem à mudança, o que é absolutamente natural.

Como sempre aconteceu com os humanos, tiveram que usar o direito a escolher: negarem o que vinha aí de novo ou aceitarem e apanharem o barco, mesmo em andamento? Uns escolheram "ficar" na energia mais cristalizada e outros escolheram "aprender" a energia mais cristalina. Apenas aprender e experimentar.

Plutão pertence ao 1º Raio, o tal que estilhaça as formas para poder reconstruir. Capricórnio também pertence ao 1º Raio. O reino do Primeiro Raio é Shambala, o lugar onde a vontade de Deus é conhecida, permitindo que a luz chegue a todos os lados. O Primeiro Raio representa as qualidades naturais de liderança ou, no mínimo, o ímpeto de dirigir. Do caos da destruição, nasce a vontade da criação.

Convite para conhecer o nosso curso-teste

·

Os leitores estão convidados a participarem no novo projecto virtual que iremos realizar. Para já, pequenos cursos temáticos online, utilizando o sistema informático Moodle.

Estão desde já convidados a conhecerem gratuitamente o curso-teste «Casas Astrológicas», aprendendo também a forma como estes cursos online funcionam.

Este é o endereço de entrada para os nossos cursos online:

http://www.nova-lis.com/cursos

Para entrarem terão que me enviar um e-mail para [ antonio-rosa@netcabo.pt ] indicando estes dados:


- O nome público que irá utilizar e que os demais verão. 2 nomes, como se fosse nome próprio e apelido. Ou então, 1 nome e uma letra separada.


- Nome de utilizador (1 nome, tudo em minúsculas, sem acentos)

- Senha (ou password) que pretende utilizar
(tudo em minúsculas, sem acentos).

-
Utilizaremos o endereço de e-mail que vai utilizar quando nos contactar.

O prazo para esta experiência termina a 31 de Dezembro de 2008. Assim que os registar no nosso curso-teste grátis, enviarei um e-mail a confirmar.

Quando Saturno em trânsito contacta o sr. Cronos

24 de outubro de 2008 · 29 comentários


Este post é dedicado a uma querida e jovem amiga. Quando Saturno em trânsito contacta Saturno natal em quadratura, isso ocorre nas nossas vidas, sensivelmente nestas idades: 7, 21, 35, 49, 63, etc. Obviamente, este trânsito não é igual para todas as idades. O que vou escrever destina-se especialmente aos jovens que andam nos trintas.

Tenta fazer as contas a partir do teu Saturno natal. Pode-se considerar que o trânsito começa a ser mais efectivo quando Saturno em trânsito está a aproximar-se, mas ainda 5º afastado.

A imagem mais nítida que consigo encontrar para este trânsito é esta: imagina que estás em casa, em silêncio mas ainda acordada e começas a ouvir ao longe o ruído do camião do lixo a aproximar-se. Vai parando nos contentores ainda afastados. Esse ruído vai-se fazendo cada vez mais forte, conforme se aproxima da tua casa, até que o ouves com toda a nitidez, com todos aqueles sons fortes, secos e característicos do guindaste a movimentar-se, a agarrar os contentores do lixo, a levantá-los e a despejá-los no seu bojo. Pelo meio, ouves as vozes dos homens que fazem esse trabalho. O camião sacode bem os contentores fazendo um barulho quase ensurdecedor e deposita-os novamente no chão, vazios, no lugar onde estavam. E afasta-se, levando o lixo que lá deixas-te.

Saturno, com o seu trânsito, pretende fazer o mesmo. Vai levar o teu (e meu, e nosso) lixo psíquico, que vamos acumulando no nosso dia-a-dia e que nem nos apercebemos que o juntamos. Se ele está a fazer-te uma quadratura, imagina um ângulo de 90º, pelo que o melhor é dares atenção por onde ele anda no teu horóscopo. Neste momento, Saturno transita em Virgem (17º), pelo que só pode estar a fazer quadraturas a Gémeos e Sagitário. Além disso está a fazer oposição ao signo em frente a Virgem - Peixes, além de possíveis conjunções a planetas que estejam em Virgem.

Saturno está a trabalhar as casa e planetas que se encontram dentro destas medições. Imaginemos que Saturno em trânsito esteja na tua casa 6. Logo, ele está a fazer, ou irá fazer (ou já fez) quadraturas a planetas que possas ter nas tuas casas 3 e 9. Além disso, é de ter em conta os planetas existentes na casa onde ele transita (o exemplo dado à a 6) e na casa oposta.

Como funciona, em quadratura, no mundo terreno, este sr Cronos?

As preocupações, ansiedades e atitudes negativas ou pessimistas são uma das características principais deste trânsito. Se sabes que é assim, que mais te convém fazer? Trabalhar, trabalhar, trabalhar internamente e intensamente isto em ti própria. Perceberes que se é assim, portanto, deves ir em busca de pensamentos positivos, usares a meditação como um meio de tranquilizares a tua mente, enfrentares as preocupações e dizeres a ti mesma que irás encontrar a harmonia para a tua vida. Não te estou a dizer que é fácil. Nem te estou a dizer para baixares os braços. Mas tens que ajudar Saturno a que leve esse lixo psíquico.

Pode ser uma época crítica em que apareçam obstáculos e consequentes frustrações. É natural que as questões profissionais ou nos negócios possam sofrer alguns percalços e/ou atrasos na sua realização.
Como estudas astrologia, sabes bem em que áreas de vida essas questões estão a ter mais força. Não fiques imersa nessas questões, pois sabes que a tua mente atrai poderosamente experiências iguais. Se estás sempre a pensar que «isto» não está a correr bem, podes ter a certeza que vai correr mesmo mal, para experienciares essa situação. Logo, o que te recomendo é que faças o oposto: acreditares e dizeres ao teu próprio corpo que és uma mulher maravilhosa, fantástica, bela, profissional e muito resolvida. Nem me apareças a dizeres que não és nada disso.

Poderia continuar com estes exemplos ad infinitum, mas creio que já entendeste a mensagem. Falta-me apenas dar-te uma pista: ele vem testar aquilo que iniciaste há 7 anos. Levará com ele tudo o que estiver a mais. É o trânsito por excelência para experimentarmos viver o «aqui e agora».

1/Dez - Oficina de astrologia - Como está a enfrentar a sua crise pessoal?

·

Oficina de Astrologia
Como está a enfrentar a sua crise pessoal?

Oficina orientada por António Rosa
1 de Dezembro (segunda-feira, feriado) - 14-19 horas

É feliz com a sua vida? Está de bem com a vida? A sua vida é um mar de rosas? Está tudo bem? Está bem de amores? Está bem na carreira profissional? Está bem no seu negócio? Do que sente falta?

Com esta oficina não pretendo ensinar astrologia e muito menos, falar para astrólogos. É minha intenção falar para si, em linguagem simples, que nada sabe de astrologia e que gostaria encontrar uma luz. Nesta oficina analisarei o mapa dos participantes, em função das questões que os próprios levantarem sobre aquilo que entendem que seja a sua crise pessoal. Não peça milagres. Faça o milagre acontecer na sua vida. Tome consciência que tudo está nas suas mãos. Sem medo.

Devido à natureza inovadora desta oficina – trabalhando com o vosso mapa na mão -, solicito desde já a compreensão para o facto de ser com lotação limitada. Como estarão presentes outras pessoas, aprenda com elas, pois também aprenderão consigo. Inscreva-se já. Ao inscrever-se, vai ser-lhe pedido que forneça alguns dados para se fazer o seu mapa natal: data, hora e local de nascimento. É importante saber a hora aproximada de nascimento.

Todos sabemos que estamos a passar por uma situação turbulenta, sobretudo pelas constantes notícias da imprensa, que nos falam constantemente em crise. Muitos de vós já ouviram falar de Plutão em Capricórnio. Abordarei este assunto, propondo que meditemos sobre estes novos tempos.

Informação – Se não quiser participar em grupo, pode marcar uma consulta personalizada comigo, na Ericeira.

Data – 1 de Dezembro (segunda-feira, feriado)
Horário – Das 14 às 19 horas.
LocalCristal de Cura – Ericeira. A morada exacta será fornecida no acto de inscrição. De fácil acesso.
Investimento: 35 euros
Conheça o site Cristal de Cura, clicando aqui.
Telefone – 968 061 279
E-mail – contactos@cristaldecura.com
Conheça o mapa de localização, clicando aqui.


Cimeira sobre crise financeira em 15 de Novembro

23 de outubro de 2008 · 4 comentários

Clicar no mapa da cimeira para aumentar.

A primeira conferência internacional com o objectivo de repensar o sistema financeiro e analisar a crise mundial vai realizar-se a 15 de Novembro. Esta cimeira deverá decorrer na zona da capital norte-americana e vai reunir os países que constituem o G20.
Actualmente, o G20 é composto por 18 países (por ordem alfabética): África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia e Turquia, aos quais se junta a União Europeia, representada pelo país que assegura a presidência rotativa do Conselho Europeu.

Nesse dia Plutão estará a 23 minutos de ingressar em Capricórnio, o que ocorrerá no dia 26 de Novembro. Se olharmos para o mapa verificamos que este planeta, representante daquele poder descomunal que é o G20, à hora suposta do início da cimeira, estará na casa 1, conjunto ao Ascendente, a deixar-nos antever uma grande mudança de paradigma.

Os economistas e os especialistas estão sempre a falar em coisas que a maioria de nós nem entende, nem consegue acompanhar. No entanto, o medo instala-se, o que não é nada bom. A palavra crise instalou-se a nível mundial, quer na economia financeira, quer na psique colectiva da humanidade. Como sair disto? Parece que ninguém sabe ao certo.

Se olharmos com muita atenção, veremos que o mesmo Plutão faz um quintil ao Meio do Céu, animando-nos com a ideia que há vontade de superar a crise, usando a criatividade e inovação. Por outro lado, a Lua está em contacto com Plutão, evitando cenas desgarradas e muito emocionais, dando intensidade às mensagens que a cimeira emitir.

Lembrei-me que em Dezembro de 2007, a propósito da entrada anterior de Plutão em Capricórnio, escrevi isto: «Parece que, sempre que Plutão passa por Capricórnio, o nosso planeta é invadido por uma energia especial que faz mudar muita coisa à face da Terra. É um tema fascinante que trará uma nova energia ao nosso planeta, tal como trouxe da vez anterior, aquando da Revolução Industrial. Desde esse acontecimento, os sistemas evolutivos e económicos encaminharam-nos para uma desenfreada ganância, quer individual, quer corporativa, quer nacional. É o sistema capitalista a funcionar no seu expoente máximo. Atrelando a reboque o ser humano, explorando-o. É todo um sistema planetário asfixiado e energeticamente poluído. Mesmo que o conforto de uma Europa moderna nos faça crer que essa exploração já não existe.»

O mundo estará atento e à espera do que os líderes do G20 irão criar.

Não está nada mal este Windows Vista

22 de outubro de 2008 · 10 comentários

Eu sei que não é um iMac e muito menos um MacBook. Mas estou muito feliz por já ter em casa um Acer Aspire 7720G 17'', igualzinho ao da ilustração mais abaixo. Ainda não tinha visto nem trabalhado com o Windows Vista. Não está nada mal. Quase consegue criar a ideia que se está num Mac. Modernaço e gracioso. Mas sem aquela graciosidade especial do Mac. Só que ao contrário dos Mac, deixa passar os vírus e é aquela «coisa» típica dos PC's. O Acer é um bom aparelho e vai servir lindamente para as minhas necessidades.
Nos últimos 2 dias não tenho feito outra coisa senão instalar e configurar programas. Já terminei. Felizmente consegui recuperar 80% dos meus documentos que estavam no anterior portátil. Perdi todos os favoritos que tinha no FireFox (eram centenas), assim como uma enorme listagem com dados completos de personalidades mundiais (nem vos digo quantos nomes) e que tenho usado na sala de exercícios do nosso fórum e que serviam para eu próprio exercitar. Nada de muito grave.

Como não uso o Internet Explorer, ontem fiquei boquiaberto ao olhar para este blogue aberto neste browser... Nem queria acreditar no que estava a ver. Tanto trabalho a editar os textos neste blogue (negritos, tipo de letras, tamanho das mesmas, espaços, cores, etc.), para quase nada, pois fica tudo diferente quando se usa o IE. Uma lástima.

São 22 horas e noto que estes 18 dias sem computador em casa foram o suficiente para me desabituar de trabalhar à noite. Um dia destes contarei aqui o resultado das muitas meditações que fiz nas duas últimas semanas. Agora, chegou a hora de desligar isto e descansar. Um abraço.


Lei da Atracção

20 de outubro de 2008 · 21 comentários

Este ano, o Sol ingressa em Escorpião às 2:08:37 (TMG) do dia 23 de Outubro. É com este signo que eu reconheço em mim, na prática, a tão falada Lei da Atracção. No sentido de atrair para a minha vida pessoas com um signo Escorpião muito influente nos seus horóscopos.

Também reconheço na minha vida e a propósito dessa Lei, pessoas que tenham muito enfatizadas no seu mapa a oitava casa. É como um pólo atractor com um peso muito específico na minha vida.


Na editora tenho uma pessoa com signo solar Escorpião, duas com o Ascendente neste signo, uma outra com Plutão e Saturno no signo da profundidade, uma outra pessoa com 4 planetas na casa 8. Por aí fora…


Obviamente, são pessoas muito diferentes, mas há um denominador comum: as suas emoções são fortíssimas, profundas e tendencialmente praticam o secretismo nas suas vidas. Emoções que funcionam como um campo de batalha, procurando sempre escondê-las. Todos utilizam, de maneiras diferentes, a força de vontade, a intuição e as emoções para irem ao fundo das coisas e alcançarem uma compreensão mais profunda de si mesmos.

Também noto nessas pessoas uma outra característica comum: temem expor-se ou abrir-se completamente a alguém. Quando emergem do seu mundo interno, são pessoas que carregam uma «verdade» absoluta, chegando a ser cansativo lidar com estas pressões, sobretudo quando estamos todos juntos, em poucos metros quadrados.


Uma Lei da Atracção que funciona, maioritariamente, na área do trabalho, pois tenho o signo Escorpião a ocupar 27º da minha casa 6, estando na cúspide da minha sétima casa. Sem nenhum planeta a matizar este posicionamento. Tem sido uma grande aprendizagem de vida.


Análise do mapa do site da Escola de Astrologia Nova-Lis

17 de outubro de 2008 · 15 comentários

Por Adelaide Figueiredo, Maria Paula Ribeiro e Patrícia Azenha

Solicitei na sala de exercícios astrológicos do nosso fórum, que se fizesse a análise astrológica deste site, tendo por base os seguintes dados: 20 Março 2007 - 17:46 – Queluz, Portugal - 38º N 45’ – 09º W 15’ – Asc: 17º 59’ Virgem - Sistema Placidus. O resultado é o artigo que se segue, com análises de Adelaide Figueiredo, Maria Paula Ribeiro e Patrícia Azenha. Muito obrigado.

Análise de Adelaide Figueiredo

Ascendente em Virgem com Mercúrio regente desta casa na casa VI – Sentimento do serviço, do trabalho, da cura, aqui através da comunicação pois trata-se de uma escola de astrologia.

Casa II em Balança – Vénus regente da II na VIII – O que se constrói é compartilhado com as pessoas, bem como as responsabilidades.

Casa III em Escorpião – Dotada pare estudos e trabalhos psicológicos e de intuição, com investigação aprofundada. Trabalhos ligados à psicologia, astrologia, metafísica e até para além da morte.
Plutão regente da III na IV – Trabalho intelectual, intuição muito forte. Favorece os estudos. Fecundidade no campo da escrita.
Marte regente da III na V – inteligência criadora.

Casa IV em Sagitário – Ensino da filosofia, do espiritualismo. Júpiter regente de Sagitário está bem posicionado. Expansão das tendências filosóficas e espirituais. Entusiasmo a projectos idealistas.
Plutão na Casa IV em Sagitário – Dom para os problemas secretos, as explorações, a astrologia, a metafísica, etc.
Aqui gostava de salientar uma dedução, imagem que me passou pela frente quando escrevia este texto: Esta Casa fala de hereditariedade, da mãe… aqui para mim, representa também o passado, o pai, que será o António, que no fundo a fundou. A hereditariedade é a astrologia. É portanto o princípio e a continuação.
Júpiter quadratura do Asc dar-lhe-á popularidade e expansão. Júpiter Conjunção Plutão – Há possibilidade de liderança e pode atrair as massas. Terá uma boa organização. Deverá haver cuidado para não haver obsessão nos objectivos. Tudo será maravilhoso feito com criatividade e calma
Júpiter sextil Quiron – Desenvolvimento estável e constante para o potencial nas áreas literárias.
Júpiter sextil Marte – Aumenta o talento dos objectivos intelectuais.
Júpiter sextil Neptuno – Haverá uma certa espiritualidade, não necessariamente ligada a uma religião convencional, mas mais a uma fé universal (astrologia é universal). Também há optimismo.
Júpiter quadratura Urano – Conceitos pouco banais. Reina o optimismo e a energia positiva. Haverá golpes de sorte.
Júpiter quadratura do Nódulo Lunar – Uma adaptabilidade geral e facilidade na relação com os outros.
Júpiter trigono Saturno – Planejamento construtivo do futuro e de seguir esses planos. Mente aberta que se irá conjugar com cautela.
Plutão trigono da Lua – Enfrenta as situações com força e profundidade.

Casa V em Capricórnio – Controlo do poder criador, fidelidade e constância.
Saturno regente da V na XI – Projectos e criações para um vasto público. Realização dos objectivos e sucesso. Marte na V em Aquário – Actividade com objectivo de longo alcance. Conquista das ideias para os outros e conquista espiritual.
Quiron na V em Aquário – Muita criatividade positiva.
Marte Conjunção Quiron – Há espírito de luta e positivismo.
Quiron Conjunção Neptuno – Grande idealismo e necessidade de desenvolvimento espiritual. Talvez haja confusão até decidir qual o melhor caminho.
Quiron semi sextil Urano – Pode haver alguma dificuldade em encontrar o lugar ou o caminho certo para o funcionamento.
Quiron semi quadratura Plutão – Conferem um pouco o lado escorpiónico.
Marte quincuncio do Asc – Muita energia e vontade de ser vencedora.
Marte oposição Saturno – Atitude séria e positiva.
Marte semi sextil Urano – Força para atingir os objectivos. Haverá jeito para a tecnologia, daí talvez trabalhando através da Internet.

Casa VI em Aquário – O trabalho e os objectivos servem para servir a colectividade, com projectos com alguma originalidade através da comunicação, via Internet, rádio ou Tv. Progressos inesperados.
Urano em VI em Peixes – Dom para cuidar dos outros, ajudá-los e servi-los. Talvez com alguns problemas na carreira. Busca de ideias podendo afirmar-se no mundo do ilimitado, permitindo-lhe descobrir uma ciência, uma arte desconhecida que se revelará como a alma desta Escola. Originalidade de pensamento.
Mercúrio na VI em Peixes – Há comunicação e intuição visionária. Expressão intelectual, mas esse trabalho será feito com muita minúcia.
Neptuno na VI em Aquário – Dom para curar os outros (espiritualmente), inspiração, intuição no trabalho.
Saturno regente da VI na XI – Projectos, trabalho e amizade estão ligados. Apoio aos outros.
Marte na cúspide da Casa VI vai também dar iniciativa no trabalho. Talvez haja algumas rivalidades. Haverá luta para ser muito boa. A acção mobiliza-se com objectivos humanitários.
Marte Conjunção Neptuno – Haverá imaginação em tudo o que se fizer.
Nódulo Lunar na VI em Peixes – Há necessidade de cuidar dos outros (volto a repetir-me, talvez aconselhamento, ajuda moral etc., afinal tudo o que a astrologia pode fazer pelos outros).
Nódulo Lunar conjunção Urano – Uma atitude diferente, talvez excêntrica para com os outros – isto visto pelo lado das pessoas que não sabem o que é a astrologia, é capaz de dar certo, visto que uma grande parte das pessoas olha a astrologia como uma coisa excêntrica ou fora do comum.
Urano oposição Asc – Haverá alguma tensão podendo haver por vezes algumas surpresas.
Mercúrio sextil Plutão – Pensamento intuitivo e psicológico. Tudo será analisado e aprofundado.
Neptuno trigono MC – A inspiração será bem utilizada.
Vénus sextil Mercúrio – A amabilidade e o afecto serão expressos abertamente. Há também muita criatividade.
Urano quadratura MC – Capacidade para abrir o seu próprio caminho. Independência e originalidade.

Casa VII em Peixes – Afirma-se pondo-se ao serviço dos outros (público). Urano em conjunção com a cúspide da Casa VII contactos com os outros.
Júpiter regente da VII na IV – As associações fazem-se na Escola de Astrologia. Todos se associam como uma família.
Neptuno regente da VII na VI - Ajudam-se uns aos outros. O trabalho será ligado aos contratos (talvez matrículas, cursos, consultas etc.).
Sol quadratura Plutão – Líder em potência.
Sol semi quadratura Quiron – Haverá algumas dificuldades para desenvolver por completo o potencial do signo solar e a motivação das características do Asc.

Casa VIII em Carneiro – A parte inconsciente vai exteriorizar-se. Acção imediata e concreta. Vontade de conquistar o seu lugar e vencer.
Lua na VIII em Carneiro – Existe muita imaginação, intuição e sensibilidade. Motivação interior. Quer brilhar, ser a primeira.
Vénus na VIII em Touro – Concentra-se no que é concreto.
Marte regente da VIII em V – Muita criatividade.
Lua trigono Júpiter – Potencial filosófico que pode progredir por novos caminhos. Poderá ser conhecida no estrangeiro, onde será bem aceite e onde terá amigos. Possibilidade de intercâmbio de ideias filosóficas e culturais no ramo.
Lua trigono Saturno – Determinação e bom senso. Boa capacidade de trabalhar de forma árdua. Construirá uma boa reputação devido à eficácia, o que levará os outros a terem confiança nos seus serviços.
Lua sextil Neptuno – Poderes psíquicos. Este posicionamento está geralmente nos mapas dos astrólogos. Aqui não poderia ser melhor.
Lua sextil Marte – Muita vontade de ajudar os outros.
Vénus sesquiquadratura Júpiter – Virada para o público e será muito popular.
Vénus sesquiquadratura Asc. Bom entendimento com os colaboradores e o público.
Vénus trigono Plutão – Compromissos profundos e totais.

Casa IX em Touro – Grandes ideias e conceitos são concretizados.
Vénus regente da IX na VIII – Os conceitos superiores relacionam-se ao campo psíquico.

Casa X em Gémeos – Carreira que exige faculdades intelectuais e escrita.
Mercúrio regente da X na VI – realiza-se quando se põe ao serviço dos outros.

Casa XI em Caranguejo – Vocacionada para a intuição e sensibilidade. Todos os que lá trabalham são amigos. Tem tendência a ser popular. A mãe, neste caso o pai (LOL) pode ter influência em todos os que lá trabalham.
Saturno na XI em Leão – É capaz de ter de haver sacrifício e prudência. Profunda amizade com pessoas que têm experiência. Os projectos são pouco numerosos mas sérios. Ela pode contar com os outros.
Lua regente da XI na VIII – Os amigos ajudam – doações, legados ou psiquicamente, a evoluir no sentido de uma realização. Ajuda e reconforto.
Saturno trigono Plutão – Haverá determinação e força.
Saturno oposição Neptuno – Assuntos sobre ocultismo e astrologia. Talvez alguma inquietação.
Saturno oposição Quiron – Espírito combativo e poderoso para boas causas, entre elas as humanitárias.
Saturno semi sextil Asc – Sentido prático e bom senso.
Saturno sextil MC – Chegará ao topo de qualquer percurso planeado e desejado.

Casa XII em Leão – Embora posam haver algumas crises não haverá necessidade de exteriorizar autoridade.
Sol regente da XII na VII – A vida está ligada às associações. Crises nestes assuntos.
Saturno em conjunção com a cúspide da casa XII – Bom para actividades que exijam sacrifício ou isolamento.

Análise de Maria Paula Ribeiro

O que me chamou a atenção neste mapa? Como é um site e não uma pessoa tentei centralizar-me nas características inerentes a um site e foi curioso. A primeira abordagem foi mesmo MC em Gémeos, constatando assim que estará em evidência a escrita, as mudanças, todas as coisas inerentes às faculdades intelectuais, podendo acumular diversas actividades. MC regido por Mercúrio em Peixes na Casa VI, a do serviço, onde por sua vez, encontramos também um Mercúrio exaltado, porque esta casa corresponde a Virgem, que é regida por Mercúrio. Portanto será um site com uma capacidade intelectual superior. Far-se-á sentir metodologia e eficiência em lidar com os detalhes mas Mercúrio nesta casa pode indicar tendência ao trabalho excessivo e ao perfeccionismo.

Encontramos também o ascendente em Virgem, regido também por Mercúrio reforçando ainda mais a análise, o perfeccionismo, o minuciosismo, a necessidade de servir. Encontramos de novo, Mercúrio, muito bem apoiado por um sextil a Vénus na casa VIII, em Touro, por isso também exaltada, reforçando a habilidade e talento aos pensamentos, à escrita e à fala (quem sabe se no futuro não teremos uma parte áudio). Mercúrio em sextil com Plutão em Sagitário na Casa IV, indicado que a intensa penetração mental pode ser manifestada na capacidade para compreender as causas e energia subjacente à estrutura externa das coisas, ou seja no ocultismo ou áreas relacionadas com a casa VIII. O site terá a capacidade de se exprimir de maneira poderosa e eficiente onde criatividade e originalidade intelectual far-se-ão sentir.

A criatividade e inovação estão evidenciadas também pelo Quintil Mercúrio com Júpiter na casa IV em Sagitário. Um Júpiter forte e muito bem posicionado no signo (Sagitário) onde é senhor e acidentalmente exaltado também na casa IV porque esta casa corresponde a Caranguejo na qual Júpiter também está exaltado. Júpiter indica forte tendências por filosofias, espiritualismo, religião, educação, viagens e culturas estrangeiras. O desejo de moldar a conduta pessoal a um conjunto imparcial de princípios morais traz o respeito e a admiração de muitos, incluindo seus inimigos.

Júpiter em conjunção com Plutão favorece os administradores, que precisam ter uma percepção penetrante sobre os motivos e acções das pessoas, aliado com um trígono a Saturno em Leão na casa XI, demonstrando uma excelente indicação de responsabilidade, bom senso, honestidade e integridade. Este aspecto confere prudência, previdência e capacidade de coordenar tarefas de grande alcance, que acarretam pesadas obrigações.

Voltando a Saturno e uma vez que está em signo de Leão, podendo dar ênfase a um projecto consistente, uma necessidade de se sentir importante (caso ainda o site não o seja), e reconhecido. O site vai procurar atingir posições de poder e liderança, bem apoiado pela Lua em Carneiro na Casa VIII, a busca do “number one”.

Esta vontade de liderança terá de ser balanceada amenizando a oposição de Saturno a Marte na casa 5 em Aquário e a oposição de Saturno a Neptuno na casa VI, em Aquário. Marte em conjunção com Quíron: a coragem, o positivismo e os instintos guerreiros de Quíron são enfatizados. Há um espírito de luta. Neptuno em conjunção com Quíron: grande idealismo e uma necessidade de desenvolvimento espiritual.

Análise de Patrícia Azenha

Esta é uma escolinha simpática que me tem dado grande prazer visitar e usufruir do conhecimento que oferece, tão amavelmente, de uma forma totalmente gratuita, coisa rara nos dias de hoje. Se houvesse dúvidas relativamente à minha afeição por esta escola a conjunção do seu Ascendente à minha Vénus, confirma-o.

Um ascendente em Virgem mostra uma escola com necessidade de servir, em prestar serviço de uma forma analítica, minuciosa, perfeccionista. O Meio Céu em Gémeos mostra que será através da comunicação escrita, do ensino que exercerá a sua actividade, de uma forma versátil e abrangendo diversas áreas de actividade. O regente do ascendente e do meio céu, Mercúrio está em Peixes na casa VI, reafirmando a necessidade de serviço, aos assuntos sociais, no dia a dia, com forte pendor intelectual e de uma forma intuitiva. Um sextil a Vénus em Touro (na VIII) indica uma forma de comunicar harmoniosa e agradável, com ganhos através dos contributos que enriquecem e mantêm vivo o projecto da escola. O trígono a Plutão (regente da III) confere um lado emocional e intenso na comunicação e investigação dos assuntos ocultos e ligados ao passado (Plutão na IV).

O eixo nodal e o eixo ascendente/descendente conjuntos confirmam a grande popularidade desta escola, confirmada também pela casa XI com a cúspide em caranguejo, cujo regente a Lua se encontra na casa VII – a popularidade ligada aos assuntos ocultos que envolvem auto-conhecimento e cura. E com esta Lua em Carneiro a necessidade é ser a primeira nesta área.
A grande ênfase no lado ocidental do mapa confirma a necessidade de outro, seja através de legados, de contributos para alimentação deste projecto, seja através da passagem da mensagem que tem o objectivo de ensinar e curar. A ênfase concentra-se nas casas VI, VII e VIII, no serviço, nas parcerias, nos legados/contributos e nos assunto ocultos. As cúspides em Aquário, Peixes e Carneiro, estando os seus regentes também nestas casas, intensificam estas áreas, ligadas às questões humanitárias, de serviço, à espiritualidade.

O Sol, Urano e Mercúrio em Peixes conferem um lado sensível, adaptável, uma intuição visionária e uma inteligência permeável. Há a busca incessante dos ideais, uma procura pela afirmação no mundo do ilimitado.
Marte e Neptuno e Aquário conjuntos à cúspide da VI indica o serviço ligado aos movimentos humanitários e à conquista espiritual.

O fundo do céu em Sagitário com o seu regente Júpiter fortíssimo na casa IV bem junto à cúspide, consistem a base deste projecto, um projecto baseado em ideais com forte pendor filosófico e espiritual, com alcance além fronteiras. Na casa IV e em Sagitário também está Plutão, regente da III, indicando a comunicação e investigação de assuntos espirituais, a astrologia, a metafísica, ligados ao passado.

A cúspide da VIII em Carneiro, com a Lua e Vénus nesta casa, indica uma necessidade de exteriorização dos assuntos ocultos. Tanto a Lua com Vénus estão muito bem aspectados o que indicará facilidade nestes assuntos.

A cúspide da casa VI em Aquário e o seu regente Urano na VI conjunto ao descendente, indica uma independência e progressos inesperados no trabalho, serviço e nas associações. Indica originalidade e uma ligação à internet, rádio, televisão. Com Urano T em conjunção ao descendente e com Saturno T em conjunção ao ascendente, fazendo ambos uma quadratura com o eixo FC/MC, que novas e inesperadas mudanças virão por aí? Estas envolverão necessariamente a estrutura da escola, as suas premissas de base e os seus objectivos, o seu aspecto e as suas parcerias. Os novos mini-cursos já são um sinal.

Partilhando um momento de delírio pessoal

16 de outubro de 2008 · 8 comentários



O novo e fabuloso MacBook Pro, lançado no dia 14 de Outubro, com monitor ultrafino, frente preta como um iMac, trackpad de vidro multitoque, monitor LED, corpo de alumínio e gráficos de última geração. Preço: US$ 2.500 (numa inédita campanha de preços mais baixos). Este é o meu delírio pessoal. Desde 1980 até 2003 fui um utilizador Mac.

No entanto, vou ter que me contentar com um ACERzinho, 5 vezes mais barato, que serve perfeitamente as minhas necessidades informáticas. Foi bom escrever este post submetido à força realista de uma oposição no céu, entre Saturno e Úrano. Resta-me usar o bom senso e conservadorismo de Saturno (comprar com custos parcimoniosos), sem resistir às ideias de Úrano (abrir para o novo, no conteúdo daquilo que faço no meu dia-a-dia). Leia aqui uma excelente explicação deste encontro de titãs.

O orçamento para 2009 e Mercúrio retrógrado

· 7 comentários

Clicar no mapa para aumentar.

Os portugueses ouviram falar nas trocas e baldrocas que foi a apresentação lamentável do Orçamento para 2009 do Estado Português. Foi uma cena confusa. Aconteceu de tudo.

O Ministro das Finanças (o homem está pior que eu, que também tenho problemas de memória, não me lembrando de números) deveria entregar o Orçamento na Assembleia da República às 16 horas do dia 14 de Outubro e só o fez às 19h30. A partir daí foram as sequências que mais pareceram um filme cómico.
Não entregou o orçamento completo. Fez uma declaração ao país com meia hora de atraso. Marcou uma conferência de imprensa com os jornalistas para debaterem o Orçamento, mas não lhes forneceu o dito documento (mais de 200 páginas).

Enfim, peripécias de um Mercúrio retrógrado. Veja o mapa do dia para Portugal. Um Mercúrio retrógrado em linha colisão numa oposição a Saturno, Quíron e o próprio Mercúrio, deu nisto. Ajudado por um quindecile ao Sol. Não esqueçamos a Lua, lá em cima a trabalhar os mesmos planetas. É um caso exemplar, que deixo aqui para memória futura.

Mercúrio fica hoje directo

15 de outubro de 2008 · 8 comentários


Mercúrio fica hoje directo. Mais 3 ou 4 dias para adquirir a sua velocidade habitual. É tempo de seguir em frente e arranjar o que ficou eventualmente desarranjado ou atrasado. Nunca uma retrogradação de Mercúrio me tinha trazido tantas situações inesperadas. Um Mercúrio retrógrado em plena fase de crise financeira internacional, não foi coisa simpática de se ver e entender. Foi uma grande confusão. Em termos pessoais, o lado positivo foi ter conseguido terminar a leitura de dois livros, ter falado muito mais do que é habitual com as minhas irmãs e, sobretudo, tomar nota no meu caderno de apontamentos de várias ideias que me ocorreram nesta fase para tentar aplicar agora e ao longo de 2009.

Blog Action Day 2008 - Poverty - Pobreza

· 2 comentários


Hoje é o «Blog Action Day» - o dia em que dezenas de milhares de blogues em todo o mundo chamam a atenção para um tema. O de hoje é a pobreza. Imagem de Carf.

Uma Lua cardinal

13 de outubro de 2008 · 12 comentários

Já aqui tinha comentado que o portátil que uso em casa se tinha avariado na segunda-feira passada, dia 6 de Outubro. Foi para a oficina e aguardei 8 dias para saber o que realmente se passava, pois apenas sabia que se tinha queimado qualquer coisa.

Soube hoje, por volta das 14 horas. Queimou-se algo de tão importante e com custos de reparação tão absurdamente caros que o melhor é ponderar na compra de um novo portátil de valor médio, pois aquilo que faço não exige grandes máquinas.

Tive a curiosidade de ver o meu mapa e apresentou-se este cenário. A Lua em trânsito entrou no grau 1 de Carneiro (ponto cardinal) e fez quadratura a Úrano natal, também em ponto cardinal de Câncer, na segunda casa. Com Plutão em trânsito a fazer uma oposição ao mesmo Úrano. Claro que a avaria já se tinha dado, mas a informação definitiva só a recebi hoje.

Já agora, espero que Mercúrio fique directo antes de adquirir o novo portátil.
Lá vai ficar tudo atrasado mais uma semana. A vida é assim!

Os ciclos de Úrano

· 7 comentários

O tempo real do ciclo de Úrano: 83 anos, 9 meses e 3 dias. O ciclo arredondado: 84 anos. Durante o ciclo completo: Úrano fará aspectos uma vez com todos os planetas - 1 conjunção, 1 oposição e 2 quadraturas, 2 sextis 2 trígonos e 2 quincúncios.

Por ano está: em movimento directo durante 7 meses e em movimento retrógrado, durante os 5 meses. Na mudança de estação (de directo a retrógrado e novamente a directo), se Úrano fizer um aspecto com um planeta natal, repete esse aspecto 3 vezes.

Há três ciclos importantes:

- Ciclos de 7 anos - 84 anos : 7 = 12 ciclos
- Ciclos de 28 anos - 84 : 28 = 3 ciclos (juventude – vida adulta – fim de vida)
- 12 ciclos de 7 anos na sua caminhada pelos signos

- O ciclo de 7 anos corresponde a estas idades: 0, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84. Habitualmente, apresenta um padrão que pode ser aplicado com êxito à vida adulta, pois corresponde às fases de expressão e desenvolvimento pessoal.

Estes ciclos podem: reflectir padrões repetitivos de vida; reflectir uma confrontação permanente com aspectos da personalidade que ainda precisam ser solucionados; coincidir com aspectos de Úrano em trânsito com os planetas natais, principalmente os de natureza mais desafiadora.

Em cada ciclo de 7 anos: cada “ano” actua como símbolo de uma fase diferente do ciclo completo em termos da vida pessoal; cada "ano" começa no dia do aniversário da pessoa e termina no aniversário seguinte; o primeiro ano começa no nascimento.

As idades em que começam os ciclos de 7 anos estão indicadas abaixo, assim como os anos dentro de cada signo.

0, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84
1, 8, 15, 22, 29, 36, 43, 50, 57, 64, 71, 78
2, 9, 16, 23, 30, 37, 44, 51, 58, 65, 72, 79
3, 10, 17, 24, 31, 38, 45, 52, 59, 66, 73, 80
4, 11, 18, 25, 32, 39, 46, 53, 60, 67, 74, 81
5, 12, 19, 26, 33, 40, 47, 54, 61, 68, 75, 82
6, 13, 20, 27, 34, 41, 48, 55, 62, 69, 76, 83

Exemplo: Tenho 59 anos. Olhando para a lista, pode verificar-se que estou no 4º ano do meu actual ciclo de Úrano, que se iniciou quando completei 56 anos. Na prática quer dizer que estou no pico de um ciclo, iniciando-se agora a fase de consolidação do mesmo, até que se desfaça impulsionando-me para novo ciclo, novos inícios, novas experiências.


Plutão, quando manifesta o lado sombrio da humanidade

11 de outubro de 2008 · 12 comentários

Manifestações perversas de Plutão: tudo aquilo que o ser humano não consegue fazer isoladamente, mas em grupo atreve-se às manifestações mais sombrias. Como parte de um grupo, essas pessoas sentem possuir autoridade para as suas manifestações negativas, sobretudo se forem contrárias aos interesses das maiorias. Exemplos: Mafia, gangs, Ku Klux Klan, bandos neonazis, associações criminosas, grupos para o contrabando, proxenetismo, drogas... Todas aquelas manifestações onde a Luz não se sente. É o umbral no mundo terreno.

Alguns exemplos de guerras no mundo: Em 1914, a I Guerra Mundial começou quando Plutão estava no grau dois de Caranguejo (signo cardinal). Em 1939 a Inglaterra declarou a guerra à Alemanha, iniciando-se assim a II Guerra Mundial, com Plutão no grau dois de Leão (signo fixo). Em 1957, com Plutão no grau dois de Virgem, começou a guerra no sudeste da Ásia. Em 1972, Plutão estava no grau dois de Balança (signo cardinal), quando foi declarado o fim da guerra no Vietname, quando na realidade, intensificaram-se os bombardeamentos americanos naquele país asiático, prolongando a guerra por mais alguns anos, marcando profundamente os EUA.

Outro dia escreverei sobre o lado luminoso de Plutão.

O contacto entre Vénus e Plutão - o casamento homossexual

10 de outubro de 2008 · 11 comentários

A palavra que encontro e que melhor define este contacto é o verbo «estranhar». Tanto serve para um trânsito de Vénus a Plutão, como o oposto, de Plutão a Vénus. O que os diferencia é o tempo que dura um trânsito ou outro. Claro que um trânsito de Plutão é muito mais intenso e possivelmente, arrasador.

Primeiro, comentarei o trânsito em si e só lá para o fim, é que darei o exemplo do caso legislativo do casamento entre homossexuais.

Se a pessoa que recebe esse contacto tem tendência a ser manipuladora [há tantas assim!], verificará que essa energia sombria será posta a nu. Serão derrubadas e mostradas todas as tentativas de manipulação. É necessário haver transparência nas intenções e actuações. A pessoa vai estranhar profundamente o ver-se privada de uma energia tão abusiva. Sofrerá com isso.


Sentimentos como o ciúme e o desejo sexual poderão ter grande preponderância. É uma oportunidade de ouro para a pessoa trabalhar esse lado das suas compulsões. É uma aprendizagem séria e profunda, o ter que desanuviar a mente e os desejos, centrando-se em si, fazendo o possível para não infernizar a vida dos outros. Estes ciúmes não têm que ser unicamente referentes ao ser amado, ou pseudo-amado. A ciumeira pode instalar-se em todos os campo da vida.

É frequente acontecer que a pessoa sinta-se muito atraído por alguém muito «estranho», diferente do que é corrente. A pessoa sabe que pode meter-se em sarilhos, mas segue em frente, à procura do abismo.

Outra possibilidade deste trânsito é o factor «lealdade». Poderá ser uma lealdade obsessiva. Há uma forte sensação de sentir que deve lealdade ao outro. Como sabemos, esse sentimento, advindo de uma compulsão, pode fazer estragos - a tal lealdade pode transformar-se em falta de consideração pelos outros, incapacidade de analisar os sentimentos dos outros, o verificarem-se indiscrições constantes.

É frequente a existência de comportamentos que apontam para casos de infidelidade. Portanto, a possibilidade da pessoa ter casos extra-conjugais. Quando o trânsito passa, instala-se a infelicidade pelo ocorrido, pois estes casos amorosos não são estáveis, nem duradouros. Nem fazem bem à alma. Estas situações trazem frequentemente problemas de pele, significando que a pessoa não se sente bem com ela própria.

Podem surgir velhos ressentimento, amarguras, motivos de infelicidade e desejos ocultos. É uma óptima oportunidade para aproveitar e tentar crescer como pessoa, usando o bom senso, a integridade, aprendendo a relacionar-se, desfazer equívocos e, sobretudo, aprender a ser feliz, aceitando-se e aceitando os outros como realmente são.

Gostaria de vos dar um exemplo de como funciona a astrologia mundana a nível destes contactos Vénus-Plutão. Neste exacto momento [manhã do dia 10 de Outubro], os deputados portugueses estão a debater na Assembleia da República, o casamento entre homossexuais. Os resultados são previsíveis pois já foram previamente anunciados - um «não». Se fizerem os trânsitos ao mapa de Portugal [15 Março 1143 - 12h - Guimarães] rapidamente encontrarão uma oposição, ainda aplicativa, de Vénus a Plutão. O Plutão (governo) da nação está em Touro a 21º 16'. Vénus (assuntos do amor e do sexo) em trânsito está em Escorpião a 19º 21'.

No dia 11 de Outubro (sábado), Vénus estará no grau 21 de Escorpião. No dia seguinte, domingo, dia 12, Vénus passa para o grau 22. A oposição começa a ser separativa. O debate no Parlamento só poderia ser no dia de trabalho útil, ou seja, no dia 10, sexta-feira, último dia possível para «este» debate. Quem quiser, pode dar uma gargalhada de admiração... pela consistência cósmica em relação ao mundo em que vivemos.

Em Scorpio... estão a ver? O regente de Scorpio é Pluto. Touro é regido por Vénus. Há aqui uma recepção mútua, que fortalece e engrandece esta discussão que envolveu a sociedade civil. Há vários dias que a imprensa não fala de outra coisa. Só foi suplantado nos media pela crise financeira mundial.

krcrhskrcrhskk

6 de outubro de 2008 · 20 comentários

Neptuno (21º 40' de Aquário) começou a sua desaceleração com vista a retomar o seu movimento directo em 2 de Novembro. Quíron (16º 14' de Aquário) também iniciou a sua desaceleração para retomar o seu movimento directo em 25 de Outubro. Plutão (28º 42' de Sagitário) já no ponto cardinal, está a aproximar-se do grau 29 e pouco depois entrará em Capricórnio (27 de Novembro).

Até agora, nada de especial, certo? Posicionamentos comuns. Olhem com atenção para o mapa do céu e vejam como a Lua, ao longo do dia 6 de Outubro, fez uma conjunção a Plutão (às 2h00 TMG) e semi-quadraturas a Neptuno e Quíron.

Úrano mantém-se constante no seu movimento retrógrado (a 19º 46' de Peixes) a fazer uma oposição a Saturno (a 15º 54' de Virgem).

Traduzindo tanto hermetismo: as bolsas de todo o mundo começaram a ranger com violência - «kRCrHsKrcRhSKk».

Veio tudo por aí abaixo. Agora, o «povo bolsista» [leia-se: donos da massa] quer vender a todo o custo. As bolsas não chegaram a fazer aquele ruído que todos temem - cRAaaSH. Andou lá perto.

Exemplos dos trabalhos conjuntos de Saturno e Neptuno

4 de outubro de 2008 · 10 comentários


O trânsito de Saturno, fazendo quadratura a Saturno natal, por volta dos 21 anos, é um prenúncio do que poderá acontecer quando ele fizer o seu 1º retorno, cerca dos 29 a 30 anos. Quanto ao trânsito de Neptuno, parece haver a ideia generalizada de não se dar importância aos chamados aspectos menores. Convém olhar para isso, pois entre os 18 e os 21 anos, Neptuno tanto pode fazer o seu primeiro sextil, como a sua primeira semi-quadratura a ele mesmo, no natal. Depende do signo em que se encontrar. Obviamente, os exemplos que dou a seguir, devem ser devidamente enquadrados no mapa natal de cada uma das pessoas.

Shakira - 2 Fev 1977 - Barranquilla, Colômbia

No mapa natal: Saturno em Leão em oposição ao Sol em Aquário e trígono a Neptuno e sextil a Plutão. Neptuno, por seu lado, faz trígono ao Sol. As imagens mostram-nos a transição da fase da quadratura à conjunção de Saturno. Excelente mudança para um cisne lindo.

Angelina Jolie - 4 Jun 1975 - 11:52 - Los Angeles, CA, USA

No mapa natal: Saturno em Câncer em contactos estreitos e fortes com a Lua, Marte e Júpiter. No caso de Neptuno, vemos ligações com o Sol, Lua e Marte. Hoje podemos olhar para uma mulher que amadureceu, criou estrutura e tornou-se numa das mulheres mais lindas do mundo.

Amy Winehouse - 14 Set 1983 - Londres, RU

No mapa natal: Neste exemplo, as notícias não são as melhores. Amy Winehouse tem 25 anos, ainda não passou pelo 1º retorno de Saturno, mas a quadratura dos 21 fez sérios estragos. Saturno em Escorpião está peregrino. Leva-a a experimentar extremos. Neptuno em Sagitário está em mau estado celeste, em contacto com todos os planetas pessoais. Na fase dos seus 21 anos, Amy foi muito influenciada por um Neptuno em trânsito perigosamente peregrino, fazendo de seguida uma quadratura a Saturno.

Quando Júpiter recebe um trânsito de Saturno

2 de outubro de 2008 · 16 comentários

Quando nos deparamos com este trânsito num mapa, convém avaliar com parcimónia o estado celeste de Júpiter natal. Se estiver dignificado, Saturno deixa os seus avisos, as suas recomendações e também alguma reprimenda. Se Júpiter estiver debilitado, conte com maior severidade por parte de Saturno como representação de si mesmo.

Pode ser excelente para imprimir durabilidade a uma carreira ou profissão. No entanto, se for uma oposição, conte com alguma resistência de Saturno, sobretudo no momento em que ele ficar retrógrado. Pode encontrar reconhecimento público, mudar de trabalho e sentir que está a actuar com racionalidade e firmeza.

No lado oposto, dependendo muito do que andou a fazer nos 6 a 7 anos anteriores, pode deparar-se com obstáculos provocados por personalidades com autoridade e poder, ou então enfrentar-se ao Poder, como entidade estatal ou jurídica. Pode ser uma fase de acentuada ausência da sorte.

Este trânsito pode incutir na pessoa a sensação que é levada a refrear a sua forma habitual de ser e dar por ela a parar para avaliar com desconfiança os assuntos que acontecem à sua volta. O cuidado aqui, é evitar entrar nas famosas teorias da conspiração. No entanto, surgirão oportunidades para se livrar de falsos amigos e evitar compromissos arriscados. Se não está seguro dos seus sentimentos, não é bom momento para marcar datas de casamento. Por vezes, dão-se separações.

Pode ser muito positivo se a pessoa não for muito racional por natureza, pois será benéfico para a ânsia de posse, devido à capacidade de autocrítica que a pessoa sente. Os planos na área dos sentimentos e das finanças podem sair reforçados. Pelo menos há a possibilidade de não se endividarem em muitos milhares de euros só para terem o chamado casamento de sonho.

No outro lado deste espectro, podemos encontrar que atravessam um prolongado período de desânimo e desconfiança, a maioria das vezes sem motivos fortes, já que existe uma tendência de sobrevalorização dos seus próprios problemas. Evite rupturas desnecessárias. Pode aproveitar para aprender a não se lamentar e procurar interiorizar consigo mesmo.

Este trânsito, numa certa idade, permite à pessoa pensar e saber encarar com serenidade a sua idade e adaptar a sua vida aos novos desafios que se apresentarão.

Foto: Fortaleza de S. Sebastião na Ilha de Moçambique.

A genealogia mitológica de Quíron

1 de outubro de 2008 · 8 comentários

Quíron, no nosso mapa, existe para nos obrigar a sermos nós próprios, e como habitualmente não o conseguimos, daí surgir a frustração nas nossas vidas. Por isso, o considerá-lo o planeta do como fazer.

Este corpo celeste fala-nos duma ferida (física, material, psicológica ou mental) algumas vezes provocada por acidente, por distracção, por algo irrazoável ou que nunca é esperado, introduzindo, desse modo, o tema do sacrifício na vida da própria pessoa: na sua «imortalidade», na sua projecção mundana, na sua saúde, na sua vida material, etc. Quíron introduz o sacrifício que, se positivamente encarado, leva a procurar pela cura dos outros, o alívio para o sofrimento pessoal.

Quíron representa um passo importante na descoberta das fragilidades, desajustamentos e incoerências humanas, através da compreensão da inutilidade de se lutar contra ou fugir daquilo que é a nossa realidade e essência mais básicas. É por ser insolúvel a dor sentida, que obriga ao caminho em direcção à mestria das energias humanas; é por estar compulsivamente presente que Quíron não permite que se desligue ou se abandone o caminho traçado; é por não parecer ter explicação ou justificação que o sofrimento se torna dificilmente esquecido.

É muito interessante analisar a “genealogia mitológica” de Quíron: é filho de Saturno (Terra 3D), neto de Urano (céu - espírito) e de Gaia (a entidade logóica que chamamos planeta Terra), meio-irmão de Júpiter (Zeus - Leis - a consciência do nosso corpo físico). Foi acolhido e educado pelo Sol (Apolo - o Ser - a vitalidade ou vida no corpo) e Lua (Artemis - a consciência do nosso corpo mental). Tio de Marte (a consciência do nosso corpo emocional), pois este é filho de Júpiter.

Marte deve ter tido umas aulas com o tio, pois ambos têm uma energia muito similar. Funções diferentes, mas energias similares. Muito determinados.

Um momento de descontracção - Bollywood político

· 7 comentários

31 de outubro de 2008

Cultura global importada de Hollywood

No dia 31 de Outubro de cada ano, a criançada veste umas roupas divertidas de bruxas, piratas e coisas assim e devidamente orientadas pelos mais velhos, vão para a rua comemorar o Halloween, um culto importado da América, através dos seus filmes e séries de televisão. É a cultura global importada de Hollywood.

Estas datas não são escolhidas ao acaso. O dia 2 de Novembro é conhecido como o «Dia dos Finados» e os povos sempre homenagearam especialmente os seus mortos nesta data. A Igreja Católica, para se demarcar deste evento, mas aproveitando a proximidade da data, instituiu há imenso tempo o «Dia de Todos os Santos», festejando-o no dia 1 de Novembro. Em muitos países (Portugal, por exemplo) esse dia é feriado religioso. Este facto fez com que as pessoas aproveitassem o feriado para se deslocarem aos cemitérios em homenagem aos seus falecidos. Por cá também havia a tradição do «Pão por Deus». Ainda haverá?

As centenas de milhares de pessoas oriundas da Europa, ao povoarem a América, levaram os seus costumes tradicionais. O «Dia de Todos os Santos» e o «Dia dos Finados» também viajaram para aquele gigantesco país. Hollywood fez o resto.

Portanto, estamos a falar de coisas associados a Escorpião, signo onde se realizam estes eventos.

30 de outubro de 2008

Como uma engrenagem

Foi enviada agora a newsletter do site da Escola de Astrologia Nova-Lis para todas as pessoas inscritas, a informar da existência dos Cursos Online Nova-Lis e da Comunidade Astrologia (rede social). No exacto momento em que o eixo nodal contacta com o meu Plutão natal. Os assuntos com o público em alta. Foi uma grande caminhada até aqui. Estes projectos correspondem a dois pólos que me são muito gratos: o conhecimento e o convívio. O saber e a informação. O estudo organizado e a divulgação. Porque acredito que este Plutão em Capricórnio vai ensinar-nos a trabalhar, desenvolver e socializar de forma muito diferente daquela a que estávamos habituados até agora. A prática astrológica também passará por ajustamentos. Os novos tempos não são destinados a mudanças apenas na economia, nas empresas, nas famílias e nas pessoas. Como a prática astrológica é feita por pessoas, obviamente que a mudança de paradigma também irá tocar esta área que interessa a muitos de nós.

29 de outubro de 2008

Congresso de astrologia

O 27º Congresso Ibérico de Astrologia, a realizar-se em 2010 no Estoril, Portugal, já tem logótipo. É este que está mais acima. Este congresso está a ser organizado por Maria João Macieira, proprietária da revista «Lótus». Na «Comunidade Astrologia» foi criado o grupo dedicado a este congresso. Aqui.

27 de outubro de 2008

1º Raio

O que será o universo? Gosto de o ver como sendo o "corpo físico" do Omnipresente e Omnisciente, do Grande Arquitecto. Será? Pelo menos, parece. Será que o Grande Arquitecto é mesmo Omnipresente e Omnisciente? Às vezes parece ser isso tudo e muito mais e muitas vezes, não me parece nada que o seja. Mas isto é matéria da minha "ilusão" pessoal, que não cabe aqui, pois há muito tempo deixei as certezas de lado.

Também parece que o Omnipresente teve ajudas das suas próprias criações. Do género matrioska (nem sei se está bem escrito). Uma "realidade" dentro de outra "realidade", dentro de mais outra "realidade". Um universo dentro de outro universo, por aí fora. A quântica começa a explicar estas coisas.

Os espíritas, os teosóficos e os budistas estavam, entiveram muito à frente do seu tempo. Pelo facto de serem "movimentos" trabalhados pelos seres humanos, havia de tudo - do muito bom ao mau. Sempre houve o ser absolutamente abnegado na sua tarefa, até ao mais interesseiro dos patifes, disfarçados de "boa pessoa". E não há mal nenhum nisto. É a vida a funcionar.

Em tudo o que de positivo trouxeram para a humanidade pode-se considerar que eram escolas de grande importância. Se eram iniciáticas, isso não sei. Eram místicas, o que já é muito. Só que foram surgindo outras. Parece ser difícil conviver com tantas escolas. Muitos "ralham"... Eu próprio criei uma escola de astrologia... Portanto, escolas, há muitas. E ainda bem que assim é.

A questão é que a energia geral do planeta mudou nos últimos anos. Essas escolas foram percebendo que novos tempos eram chegados. Muitas escolas ainda resistem à mudança, o que é absolutamente natural.

Como sempre aconteceu com os humanos, tiveram que usar o direito a escolher: negarem o que vinha aí de novo ou aceitarem e apanharem o barco, mesmo em andamento? Uns escolheram "ficar" na energia mais cristalizada e outros escolheram "aprender" a energia mais cristalina. Apenas aprender e experimentar.

Plutão pertence ao 1º Raio, o tal que estilhaça as formas para poder reconstruir. Capricórnio também pertence ao 1º Raio. O reino do Primeiro Raio é Shambala, o lugar onde a vontade de Deus é conhecida, permitindo que a luz chegue a todos os lados. O Primeiro Raio representa as qualidades naturais de liderança ou, no mínimo, o ímpeto de dirigir. Do caos da destruição, nasce a vontade da criação.

Convite para conhecer o nosso curso-teste

Os leitores estão convidados a participarem no novo projecto virtual que iremos realizar. Para já, pequenos cursos temáticos online, utilizando o sistema informático Moodle.

Estão desde já convidados a conhecerem gratuitamente o curso-teste «Casas Astrológicas», aprendendo também a forma como estes cursos online funcionam.

Este é o endereço de entrada para os nossos cursos online:

http://www.nova-lis.com/cursos

Para entrarem terão que me enviar um e-mail para [ antonio-rosa@netcabo.pt ] indicando estes dados:


- O nome público que irá utilizar e que os demais verão. 2 nomes, como se fosse nome próprio e apelido. Ou então, 1 nome e uma letra separada.


- Nome de utilizador (1 nome, tudo em minúsculas, sem acentos)

- Senha (ou password) que pretende utilizar
(tudo em minúsculas, sem acentos).

-
Utilizaremos o endereço de e-mail que vai utilizar quando nos contactar.

O prazo para esta experiência termina a 31 de Dezembro de 2008. Assim que os registar no nosso curso-teste grátis, enviarei um e-mail a confirmar.

24 de outubro de 2008

Quando Saturno em trânsito contacta o sr. Cronos


Este post é dedicado a uma querida e jovem amiga. Quando Saturno em trânsito contacta Saturno natal em quadratura, isso ocorre nas nossas vidas, sensivelmente nestas idades: 7, 21, 35, 49, 63, etc. Obviamente, este trânsito não é igual para todas as idades. O que vou escrever destina-se especialmente aos jovens que andam nos trintas.

Tenta fazer as contas a partir do teu Saturno natal. Pode-se considerar que o trânsito começa a ser mais efectivo quando Saturno em trânsito está a aproximar-se, mas ainda 5º afastado.

A imagem mais nítida que consigo encontrar para este trânsito é esta: imagina que estás em casa, em silêncio mas ainda acordada e começas a ouvir ao longe o ruído do camião do lixo a aproximar-se. Vai parando nos contentores ainda afastados. Esse ruído vai-se fazendo cada vez mais forte, conforme se aproxima da tua casa, até que o ouves com toda a nitidez, com todos aqueles sons fortes, secos e característicos do guindaste a movimentar-se, a agarrar os contentores do lixo, a levantá-los e a despejá-los no seu bojo. Pelo meio, ouves as vozes dos homens que fazem esse trabalho. O camião sacode bem os contentores fazendo um barulho quase ensurdecedor e deposita-os novamente no chão, vazios, no lugar onde estavam. E afasta-se, levando o lixo que lá deixas-te.

Saturno, com o seu trânsito, pretende fazer o mesmo. Vai levar o teu (e meu, e nosso) lixo psíquico, que vamos acumulando no nosso dia-a-dia e que nem nos apercebemos que o juntamos. Se ele está a fazer-te uma quadratura, imagina um ângulo de 90º, pelo que o melhor é dares atenção por onde ele anda no teu horóscopo. Neste momento, Saturno transita em Virgem (17º), pelo que só pode estar a fazer quadraturas a Gémeos e Sagitário. Além disso está a fazer oposição ao signo em frente a Virgem - Peixes, além de possíveis conjunções a planetas que estejam em Virgem.

Saturno está a trabalhar as casa e planetas que se encontram dentro destas medições. Imaginemos que Saturno em trânsito esteja na tua casa 6. Logo, ele está a fazer, ou irá fazer (ou já fez) quadraturas a planetas que possas ter nas tuas casas 3 e 9. Além disso, é de ter em conta os planetas existentes na casa onde ele transita (o exemplo dado à a 6) e na casa oposta.

Como funciona, em quadratura, no mundo terreno, este sr Cronos?

As preocupações, ansiedades e atitudes negativas ou pessimistas são uma das características principais deste trânsito. Se sabes que é assim, que mais te convém fazer? Trabalhar, trabalhar, trabalhar internamente e intensamente isto em ti própria. Perceberes que se é assim, portanto, deves ir em busca de pensamentos positivos, usares a meditação como um meio de tranquilizares a tua mente, enfrentares as preocupações e dizeres a ti mesma que irás encontrar a harmonia para a tua vida. Não te estou a dizer que é fácil. Nem te estou a dizer para baixares os braços. Mas tens que ajudar Saturno a que leve esse lixo psíquico.

Pode ser uma época crítica em que apareçam obstáculos e consequentes frustrações. É natural que as questões profissionais ou nos negócios possam sofrer alguns percalços e/ou atrasos na sua realização.
Como estudas astrologia, sabes bem em que áreas de vida essas questões estão a ter mais força. Não fiques imersa nessas questões, pois sabes que a tua mente atrai poderosamente experiências iguais. Se estás sempre a pensar que «isto» não está a correr bem, podes ter a certeza que vai correr mesmo mal, para experienciares essa situação. Logo, o que te recomendo é que faças o oposto: acreditares e dizeres ao teu próprio corpo que és uma mulher maravilhosa, fantástica, bela, profissional e muito resolvida. Nem me apareças a dizeres que não és nada disso.

Poderia continuar com estes exemplos ad infinitum, mas creio que já entendeste a mensagem. Falta-me apenas dar-te uma pista: ele vem testar aquilo que iniciaste há 7 anos. Levará com ele tudo o que estiver a mais. É o trânsito por excelência para experimentarmos viver o «aqui e agora».

1/Dez - Oficina de astrologia - Como está a enfrentar a sua crise pessoal?

Oficina de Astrologia
Como está a enfrentar a sua crise pessoal?

Oficina orientada por António Rosa
1 de Dezembro (segunda-feira, feriado) - 14-19 horas

É feliz com a sua vida? Está de bem com a vida? A sua vida é um mar de rosas? Está tudo bem? Está bem de amores? Está bem na carreira profissional? Está bem no seu negócio? Do que sente falta?

Com esta oficina não pretendo ensinar astrologia e muito menos, falar para astrólogos. É minha intenção falar para si, em linguagem simples, que nada sabe de astrologia e que gostaria encontrar uma luz. Nesta oficina analisarei o mapa dos participantes, em função das questões que os próprios levantarem sobre aquilo que entendem que seja a sua crise pessoal. Não peça milagres. Faça o milagre acontecer na sua vida. Tome consciência que tudo está nas suas mãos. Sem medo.

Devido à natureza inovadora desta oficina – trabalhando com o vosso mapa na mão -, solicito desde já a compreensão para o facto de ser com lotação limitada. Como estarão presentes outras pessoas, aprenda com elas, pois também aprenderão consigo. Inscreva-se já. Ao inscrever-se, vai ser-lhe pedido que forneça alguns dados para se fazer o seu mapa natal: data, hora e local de nascimento. É importante saber a hora aproximada de nascimento.

Todos sabemos que estamos a passar por uma situação turbulenta, sobretudo pelas constantes notícias da imprensa, que nos falam constantemente em crise. Muitos de vós já ouviram falar de Plutão em Capricórnio. Abordarei este assunto, propondo que meditemos sobre estes novos tempos.

Informação – Se não quiser participar em grupo, pode marcar uma consulta personalizada comigo, na Ericeira.

Data – 1 de Dezembro (segunda-feira, feriado)
Horário – Das 14 às 19 horas.
LocalCristal de Cura – Ericeira. A morada exacta será fornecida no acto de inscrição. De fácil acesso.
Investimento: 35 euros
Conheça o site Cristal de Cura, clicando aqui.
Telefone – 968 061 279
E-mail – contactos@cristaldecura.com
Conheça o mapa de localização, clicando aqui.


23 de outubro de 2008

Cimeira sobre crise financeira em 15 de Novembro

Clicar no mapa da cimeira para aumentar.

A primeira conferência internacional com o objectivo de repensar o sistema financeiro e analisar a crise mundial vai realizar-se a 15 de Novembro. Esta cimeira deverá decorrer na zona da capital norte-americana e vai reunir os países que constituem o G20.
Actualmente, o G20 é composto por 18 países (por ordem alfabética): África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia e Turquia, aos quais se junta a União Europeia, representada pelo país que assegura a presidência rotativa do Conselho Europeu.

Nesse dia Plutão estará a 23 minutos de ingressar em Capricórnio, o que ocorrerá no dia 26 de Novembro. Se olharmos para o mapa verificamos que este planeta, representante daquele poder descomunal que é o G20, à hora suposta do início da cimeira, estará na casa 1, conjunto ao Ascendente, a deixar-nos antever uma grande mudança de paradigma.

Os economistas e os especialistas estão sempre a falar em coisas que a maioria de nós nem entende, nem consegue acompanhar. No entanto, o medo instala-se, o que não é nada bom. A palavra crise instalou-se a nível mundial, quer na economia financeira, quer na psique colectiva da humanidade. Como sair disto? Parece que ninguém sabe ao certo.

Se olharmos com muita atenção, veremos que o mesmo Plutão faz um quintil ao Meio do Céu, animando-nos com a ideia que há vontade de superar a crise, usando a criatividade e inovação. Por outro lado, a Lua está em contacto com Plutão, evitando cenas desgarradas e muito emocionais, dando intensidade às mensagens que a cimeira emitir.

Lembrei-me que em Dezembro de 2007, a propósito da entrada anterior de Plutão em Capricórnio, escrevi isto: «Parece que, sempre que Plutão passa por Capricórnio, o nosso planeta é invadido por uma energia especial que faz mudar muita coisa à face da Terra. É um tema fascinante que trará uma nova energia ao nosso planeta, tal como trouxe da vez anterior, aquando da Revolução Industrial. Desde esse acontecimento, os sistemas evolutivos e económicos encaminharam-nos para uma desenfreada ganância, quer individual, quer corporativa, quer nacional. É o sistema capitalista a funcionar no seu expoente máximo. Atrelando a reboque o ser humano, explorando-o. É todo um sistema planetário asfixiado e energeticamente poluído. Mesmo que o conforto de uma Europa moderna nos faça crer que essa exploração já não existe.»

O mundo estará atento e à espera do que os líderes do G20 irão criar.

22 de outubro de 2008

Não está nada mal este Windows Vista

Eu sei que não é um iMac e muito menos um MacBook. Mas estou muito feliz por já ter em casa um Acer Aspire 7720G 17'', igualzinho ao da ilustração mais abaixo. Ainda não tinha visto nem trabalhado com o Windows Vista. Não está nada mal. Quase consegue criar a ideia que se está num Mac. Modernaço e gracioso. Mas sem aquela graciosidade especial do Mac. Só que ao contrário dos Mac, deixa passar os vírus e é aquela «coisa» típica dos PC's. O Acer é um bom aparelho e vai servir lindamente para as minhas necessidades.
Nos últimos 2 dias não tenho feito outra coisa senão instalar e configurar programas. Já terminei. Felizmente consegui recuperar 80% dos meus documentos que estavam no anterior portátil. Perdi todos os favoritos que tinha no FireFox (eram centenas), assim como uma enorme listagem com dados completos de personalidades mundiais (nem vos digo quantos nomes) e que tenho usado na sala de exercícios do nosso fórum e que serviam para eu próprio exercitar. Nada de muito grave.

Como não uso o Internet Explorer, ontem fiquei boquiaberto ao olhar para este blogue aberto neste browser... Nem queria acreditar no que estava a ver. Tanto trabalho a editar os textos neste blogue (negritos, tipo de letras, tamanho das mesmas, espaços, cores, etc.), para quase nada, pois fica tudo diferente quando se usa o IE. Uma lástima.

São 22 horas e noto que estes 18 dias sem computador em casa foram o suficiente para me desabituar de trabalhar à noite. Um dia destes contarei aqui o resultado das muitas meditações que fiz nas duas últimas semanas. Agora, chegou a hora de desligar isto e descansar. Um abraço.


20 de outubro de 2008

Lei da Atracção

Este ano, o Sol ingressa em Escorpião às 2:08:37 (TMG) do dia 23 de Outubro. É com este signo que eu reconheço em mim, na prática, a tão falada Lei da Atracção. No sentido de atrair para a minha vida pessoas com um signo Escorpião muito influente nos seus horóscopos.

Também reconheço na minha vida e a propósito dessa Lei, pessoas que tenham muito enfatizadas no seu mapa a oitava casa. É como um pólo atractor com um peso muito específico na minha vida.


Na editora tenho uma pessoa com signo solar Escorpião, duas com o Ascendente neste signo, uma outra com Plutão e Saturno no signo da profundidade, uma outra pessoa com 4 planetas na casa 8. Por aí fora…


Obviamente, são pessoas muito diferentes, mas há um denominador comum: as suas emoções são fortíssimas, profundas e tendencialmente praticam o secretismo nas suas vidas. Emoções que funcionam como um campo de batalha, procurando sempre escondê-las. Todos utilizam, de maneiras diferentes, a força de vontade, a intuição e as emoções para irem ao fundo das coisas e alcançarem uma compreensão mais profunda de si mesmos.

Também noto nessas pessoas uma outra característica comum: temem expor-se ou abrir-se completamente a alguém. Quando emergem do seu mundo interno, são pessoas que carregam uma «verdade» absoluta, chegando a ser cansativo lidar com estas pressões, sobretudo quando estamos todos juntos, em poucos metros quadrados.


Uma Lei da Atracção que funciona, maioritariamente, na área do trabalho, pois tenho o signo Escorpião a ocupar 27º da minha casa 6, estando na cúspide da minha sétima casa. Sem nenhum planeta a matizar este posicionamento. Tem sido uma grande aprendizagem de vida.


17 de outubro de 2008

Análise do mapa do site da Escola de Astrologia Nova-Lis

Por Adelaide Figueiredo, Maria Paula Ribeiro e Patrícia Azenha

Solicitei na sala de exercícios astrológicos do nosso fórum, que se fizesse a análise astrológica deste site, tendo por base os seguintes dados: 20 Março 2007 - 17:46 – Queluz, Portugal - 38º N 45’ – 09º W 15’ – Asc: 17º 59’ Virgem - Sistema Placidus. O resultado é o artigo que se segue, com análises de Adelaide Figueiredo, Maria Paula Ribeiro e Patrícia Azenha. Muito obrigado.

Análise de Adelaide Figueiredo

Ascendente em Virgem com Mercúrio regente desta casa na casa VI – Sentimento do serviço, do trabalho, da cura, aqui através da comunicação pois trata-se de uma escola de astrologia.

Casa II em Balança – Vénus regente da II na VIII – O que se constrói é compartilhado com as pessoas, bem como as responsabilidades.

Casa III em Escorpião – Dotada pare estudos e trabalhos psicológicos e de intuição, com investigação aprofundada. Trabalhos ligados à psicologia, astrologia, metafísica e até para além da morte.
Plutão regente da III na IV – Trabalho intelectual, intuição muito forte. Favorece os estudos. Fecundidade no campo da escrita.
Marte regente da III na V – inteligência criadora.

Casa IV em Sagitário – Ensino da filosofia, do espiritualismo. Júpiter regente de Sagitário está bem posicionado. Expansão das tendências filosóficas e espirituais. Entusiasmo a projectos idealistas.
Plutão na Casa IV em Sagitário – Dom para os problemas secretos, as explorações, a astrologia, a metafísica, etc.
Aqui gostava de salientar uma dedução, imagem que me passou pela frente quando escrevia este texto: Esta Casa fala de hereditariedade, da mãe… aqui para mim, representa também o passado, o pai, que será o António, que no fundo a fundou. A hereditariedade é a astrologia. É portanto o princípio e a continuação.
Júpiter quadratura do Asc dar-lhe-á popularidade e expansão. Júpiter Conjunção Plutão – Há possibilidade de liderança e pode atrair as massas. Terá uma boa organização. Deverá haver cuidado para não haver obsessão nos objectivos. Tudo será maravilhoso feito com criatividade e calma
Júpiter sextil Quiron – Desenvolvimento estável e constante para o potencial nas áreas literárias.
Júpiter sextil Marte – Aumenta o talento dos objectivos intelectuais.
Júpiter sextil Neptuno – Haverá uma certa espiritualidade, não necessariamente ligada a uma religião convencional, mas mais a uma fé universal (astrologia é universal). Também há optimismo.
Júpiter quadratura Urano – Conceitos pouco banais. Reina o optimismo e a energia positiva. Haverá golpes de sorte.
Júpiter quadratura do Nódulo Lunar – Uma adaptabilidade geral e facilidade na relação com os outros.
Júpiter trigono Saturno – Planejamento construtivo do futuro e de seguir esses planos. Mente aberta que se irá conjugar com cautela.
Plutão trigono da Lua – Enfrenta as situações com força e profundidade.

Casa V em Capricórnio – Controlo do poder criador, fidelidade e constância.
Saturno regente da V na XI – Projectos e criações para um vasto público. Realização dos objectivos e sucesso. Marte na V em Aquário – Actividade com objectivo de longo alcance. Conquista das ideias para os outros e conquista espiritual.
Quiron na V em Aquário – Muita criatividade positiva.
Marte Conjunção Quiron – Há espírito de luta e positivismo.
Quiron Conjunção Neptuno – Grande idealismo e necessidade de desenvolvimento espiritual. Talvez haja confusão até decidir qual o melhor caminho.
Quiron semi sextil Urano – Pode haver alguma dificuldade em encontrar o lugar ou o caminho certo para o funcionamento.
Quiron semi quadratura Plutão – Conferem um pouco o lado escorpiónico.
Marte quincuncio do Asc – Muita energia e vontade de ser vencedora.
Marte oposição Saturno – Atitude séria e positiva.
Marte semi sextil Urano – Força para atingir os objectivos. Haverá jeito para a tecnologia, daí talvez trabalhando através da Internet.

Casa VI em Aquário – O trabalho e os objectivos servem para servir a colectividade, com projectos com alguma originalidade através da comunicação, via Internet, rádio ou Tv. Progressos inesperados.
Urano em VI em Peixes – Dom para cuidar dos outros, ajudá-los e servi-los. Talvez com alguns problemas na carreira. Busca de ideias podendo afirmar-se no mundo do ilimitado, permitindo-lhe descobrir uma ciência, uma arte desconhecida que se revelará como a alma desta Escola. Originalidade de pensamento.
Mercúrio na VI em Peixes – Há comunicação e intuição visionária. Expressão intelectual, mas esse trabalho será feito com muita minúcia.
Neptuno na VI em Aquário – Dom para curar os outros (espiritualmente), inspiração, intuição no trabalho.
Saturno regente da VI na XI – Projectos, trabalho e amizade estão ligados. Apoio aos outros.
Marte na cúspide da Casa VI vai também dar iniciativa no trabalho. Talvez haja algumas rivalidades. Haverá luta para ser muito boa. A acção mobiliza-se com objectivos humanitários.
Marte Conjunção Neptuno – Haverá imaginação em tudo o que se fizer.
Nódulo Lunar na VI em Peixes – Há necessidade de cuidar dos outros (volto a repetir-me, talvez aconselhamento, ajuda moral etc., afinal tudo o que a astrologia pode fazer pelos outros).
Nódulo Lunar conjunção Urano – Uma atitude diferente, talvez excêntrica para com os outros – isto visto pelo lado das pessoas que não sabem o que é a astrologia, é capaz de dar certo, visto que uma grande parte das pessoas olha a astrologia como uma coisa excêntrica ou fora do comum.
Urano oposição Asc – Haverá alguma tensão podendo haver por vezes algumas surpresas.
Mercúrio sextil Plutão – Pensamento intuitivo e psicológico. Tudo será analisado e aprofundado.
Neptuno trigono MC – A inspiração será bem utilizada.
Vénus sextil Mercúrio – A amabilidade e o afecto serão expressos abertamente. Há também muita criatividade.
Urano quadratura MC – Capacidade para abrir o seu próprio caminho. Independência e originalidade.

Casa VII em Peixes – Afirma-se pondo-se ao serviço dos outros (público). Urano em conjunção com a cúspide da Casa VII contactos com os outros.
Júpiter regente da VII na IV – As associações fazem-se na Escola de Astrologia. Todos se associam como uma família.
Neptuno regente da VII na VI - Ajudam-se uns aos outros. O trabalho será ligado aos contratos (talvez matrículas, cursos, consultas etc.).
Sol quadratura Plutão – Líder em potência.
Sol semi quadratura Quiron – Haverá algumas dificuldades para desenvolver por completo o potencial do signo solar e a motivação das características do Asc.

Casa VIII em Carneiro – A parte inconsciente vai exteriorizar-se. Acção imediata e concreta. Vontade de conquistar o seu lugar e vencer.
Lua na VIII em Carneiro – Existe muita imaginação, intuição e sensibilidade. Motivação interior. Quer brilhar, ser a primeira.
Vénus na VIII em Touro – Concentra-se no que é concreto.
Marte regente da VIII em V – Muita criatividade.
Lua trigono Júpiter – Potencial filosófico que pode progredir por novos caminhos. Poderá ser conhecida no estrangeiro, onde será bem aceite e onde terá amigos. Possibilidade de intercâmbio de ideias filosóficas e culturais no ramo.
Lua trigono Saturno – Determinação e bom senso. Boa capacidade de trabalhar de forma árdua. Construirá uma boa reputação devido à eficácia, o que levará os outros a terem confiança nos seus serviços.
Lua sextil Neptuno – Poderes psíquicos. Este posicionamento está geralmente nos mapas dos astrólogos. Aqui não poderia ser melhor.
Lua sextil Marte – Muita vontade de ajudar os outros.
Vénus sesquiquadratura Júpiter – Virada para o público e será muito popular.
Vénus sesquiquadratura Asc. Bom entendimento com os colaboradores e o público.
Vénus trigono Plutão – Compromissos profundos e totais.

Casa IX em Touro – Grandes ideias e conceitos são concretizados.
Vénus regente da IX na VIII – Os conceitos superiores relacionam-se ao campo psíquico.

Casa X em Gémeos – Carreira que exige faculdades intelectuais e escrita.
Mercúrio regente da X na VI – realiza-se quando se põe ao serviço dos outros.

Casa XI em Caranguejo – Vocacionada para a intuição e sensibilidade. Todos os que lá trabalham são amigos. Tem tendência a ser popular. A mãe, neste caso o pai (LOL) pode ter influência em todos os que lá trabalham.
Saturno na XI em Leão – É capaz de ter de haver sacrifício e prudência. Profunda amizade com pessoas que têm experiência. Os projectos são pouco numerosos mas sérios. Ela pode contar com os outros.
Lua regente da XI na VIII – Os amigos ajudam – doações, legados ou psiquicamente, a evoluir no sentido de uma realização. Ajuda e reconforto.
Saturno trigono Plutão – Haverá determinação e força.
Saturno oposição Neptuno – Assuntos sobre ocultismo e astrologia. Talvez alguma inquietação.
Saturno oposição Quiron – Espírito combativo e poderoso para boas causas, entre elas as humanitárias.
Saturno semi sextil Asc – Sentido prático e bom senso.
Saturno sextil MC – Chegará ao topo de qualquer percurso planeado e desejado.

Casa XII em Leão – Embora posam haver algumas crises não haverá necessidade de exteriorizar autoridade.
Sol regente da XII na VII – A vida está ligada às associações. Crises nestes assuntos.
Saturno em conjunção com a cúspide da casa XII – Bom para actividades que exijam sacrifício ou isolamento.

Análise de Maria Paula Ribeiro

O que me chamou a atenção neste mapa? Como é um site e não uma pessoa tentei centralizar-me nas características inerentes a um site e foi curioso. A primeira abordagem foi mesmo MC em Gémeos, constatando assim que estará em evidência a escrita, as mudanças, todas as coisas inerentes às faculdades intelectuais, podendo acumular diversas actividades. MC regido por Mercúrio em Peixes na Casa VI, a do serviço, onde por sua vez, encontramos também um Mercúrio exaltado, porque esta casa corresponde a Virgem, que é regida por Mercúrio. Portanto será um site com uma capacidade intelectual superior. Far-se-á sentir metodologia e eficiência em lidar com os detalhes mas Mercúrio nesta casa pode indicar tendência ao trabalho excessivo e ao perfeccionismo.

Encontramos também o ascendente em Virgem, regido também por Mercúrio reforçando ainda mais a análise, o perfeccionismo, o minuciosismo, a necessidade de servir. Encontramos de novo, Mercúrio, muito bem apoiado por um sextil a Vénus na casa VIII, em Touro, por isso também exaltada, reforçando a habilidade e talento aos pensamentos, à escrita e à fala (quem sabe se no futuro não teremos uma parte áudio). Mercúrio em sextil com Plutão em Sagitário na Casa IV, indicado que a intensa penetração mental pode ser manifestada na capacidade para compreender as causas e energia subjacente à estrutura externa das coisas, ou seja no ocultismo ou áreas relacionadas com a casa VIII. O site terá a capacidade de se exprimir de maneira poderosa e eficiente onde criatividade e originalidade intelectual far-se-ão sentir.

A criatividade e inovação estão evidenciadas também pelo Quintil Mercúrio com Júpiter na casa IV em Sagitário. Um Júpiter forte e muito bem posicionado no signo (Sagitário) onde é senhor e acidentalmente exaltado também na casa IV porque esta casa corresponde a Caranguejo na qual Júpiter também está exaltado. Júpiter indica forte tendências por filosofias, espiritualismo, religião, educação, viagens e culturas estrangeiras. O desejo de moldar a conduta pessoal a um conjunto imparcial de princípios morais traz o respeito e a admiração de muitos, incluindo seus inimigos.

Júpiter em conjunção com Plutão favorece os administradores, que precisam ter uma percepção penetrante sobre os motivos e acções das pessoas, aliado com um trígono a Saturno em Leão na casa XI, demonstrando uma excelente indicação de responsabilidade, bom senso, honestidade e integridade. Este aspecto confere prudência, previdência e capacidade de coordenar tarefas de grande alcance, que acarretam pesadas obrigações.

Voltando a Saturno e uma vez que está em signo de Leão, podendo dar ênfase a um projecto consistente, uma necessidade de se sentir importante (caso ainda o site não o seja), e reconhecido. O site vai procurar atingir posições de poder e liderança, bem apoiado pela Lua em Carneiro na Casa VIII, a busca do “number one”.

Esta vontade de liderança terá de ser balanceada amenizando a oposição de Saturno a Marte na casa 5 em Aquário e a oposição de Saturno a Neptuno na casa VI, em Aquário. Marte em conjunção com Quíron: a coragem, o positivismo e os instintos guerreiros de Quíron são enfatizados. Há um espírito de luta. Neptuno em conjunção com Quíron: grande idealismo e uma necessidade de desenvolvimento espiritual.

Análise de Patrícia Azenha

Esta é uma escolinha simpática que me tem dado grande prazer visitar e usufruir do conhecimento que oferece, tão amavelmente, de uma forma totalmente gratuita, coisa rara nos dias de hoje. Se houvesse dúvidas relativamente à minha afeição por esta escola a conjunção do seu Ascendente à minha Vénus, confirma-o.

Um ascendente em Virgem mostra uma escola com necessidade de servir, em prestar serviço de uma forma analítica, minuciosa, perfeccionista. O Meio Céu em Gémeos mostra que será através da comunicação escrita, do ensino que exercerá a sua actividade, de uma forma versátil e abrangendo diversas áreas de actividade. O regente do ascendente e do meio céu, Mercúrio está em Peixes na casa VI, reafirmando a necessidade de serviço, aos assuntos sociais, no dia a dia, com forte pendor intelectual e de uma forma intuitiva. Um sextil a Vénus em Touro (na VIII) indica uma forma de comunicar harmoniosa e agradável, com ganhos através dos contributos que enriquecem e mantêm vivo o projecto da escola. O trígono a Plutão (regente da III) confere um lado emocional e intenso na comunicação e investigação dos assuntos ocultos e ligados ao passado (Plutão na IV).

O eixo nodal e o eixo ascendente/descendente conjuntos confirmam a grande popularidade desta escola, confirmada também pela casa XI com a cúspide em caranguejo, cujo regente a Lua se encontra na casa VII – a popularidade ligada aos assuntos ocultos que envolvem auto-conhecimento e cura. E com esta Lua em Carneiro a necessidade é ser a primeira nesta área.
A grande ênfase no lado ocidental do mapa confirma a necessidade de outro, seja através de legados, de contributos para alimentação deste projecto, seja através da passagem da mensagem que tem o objectivo de ensinar e curar. A ênfase concentra-se nas casas VI, VII e VIII, no serviço, nas parcerias, nos legados/contributos e nos assunto ocultos. As cúspides em Aquário, Peixes e Carneiro, estando os seus regentes também nestas casas, intensificam estas áreas, ligadas às questões humanitárias, de serviço, à espiritualidade.

O Sol, Urano e Mercúrio em Peixes conferem um lado sensível, adaptável, uma intuição visionária e uma inteligência permeável. Há a busca incessante dos ideais, uma procura pela afirmação no mundo do ilimitado.
Marte e Neptuno e Aquário conjuntos à cúspide da VI indica o serviço ligado aos movimentos humanitários e à conquista espiritual.

O fundo do céu em Sagitário com o seu regente Júpiter fortíssimo na casa IV bem junto à cúspide, consistem a base deste projecto, um projecto baseado em ideais com forte pendor filosófico e espiritual, com alcance além fronteiras. Na casa IV e em Sagitário também está Plutão, regente da III, indicando a comunicação e investigação de assuntos espirituais, a astrologia, a metafísica, ligados ao passado.

A cúspide da VIII em Carneiro, com a Lua e Vénus nesta casa, indica uma necessidade de exteriorização dos assuntos ocultos. Tanto a Lua com Vénus estão muito bem aspectados o que indicará facilidade nestes assuntos.

A cúspide da casa VI em Aquário e o seu regente Urano na VI conjunto ao descendente, indica uma independência e progressos inesperados no trabalho, serviço e nas associações. Indica originalidade e uma ligação à internet, rádio, televisão. Com Urano T em conjunção ao descendente e com Saturno T em conjunção ao ascendente, fazendo ambos uma quadratura com o eixo FC/MC, que novas e inesperadas mudanças virão por aí? Estas envolverão necessariamente a estrutura da escola, as suas premissas de base e os seus objectivos, o seu aspecto e as suas parcerias. Os novos mini-cursos já são um sinal.

16 de outubro de 2008

Partilhando um momento de delírio pessoal



O novo e fabuloso MacBook Pro, lançado no dia 14 de Outubro, com monitor ultrafino, frente preta como um iMac, trackpad de vidro multitoque, monitor LED, corpo de alumínio e gráficos de última geração. Preço: US$ 2.500 (numa inédita campanha de preços mais baixos). Este é o meu delírio pessoal. Desde 1980 até 2003 fui um utilizador Mac.

No entanto, vou ter que me contentar com um ACERzinho, 5 vezes mais barato, que serve perfeitamente as minhas necessidades informáticas. Foi bom escrever este post submetido à força realista de uma oposição no céu, entre Saturno e Úrano. Resta-me usar o bom senso e conservadorismo de Saturno (comprar com custos parcimoniosos), sem resistir às ideias de Úrano (abrir para o novo, no conteúdo daquilo que faço no meu dia-a-dia). Leia aqui uma excelente explicação deste encontro de titãs.

O orçamento para 2009 e Mercúrio retrógrado

Clicar no mapa para aumentar.

Os portugueses ouviram falar nas trocas e baldrocas que foi a apresentação lamentável do Orçamento para 2009 do Estado Português. Foi uma cena confusa. Aconteceu de tudo.

O Ministro das Finanças (o homem está pior que eu, que também tenho problemas de memória, não me lembrando de números) deveria entregar o Orçamento na Assembleia da República às 16 horas do dia 14 de Outubro e só o fez às 19h30. A partir daí foram as sequências que mais pareceram um filme cómico.
Não entregou o orçamento completo. Fez uma declaração ao país com meia hora de atraso. Marcou uma conferência de imprensa com os jornalistas para debaterem o Orçamento, mas não lhes forneceu o dito documento (mais de 200 páginas).

Enfim, peripécias de um Mercúrio retrógrado. Veja o mapa do dia para Portugal. Um Mercúrio retrógrado em linha colisão numa oposição a Saturno, Quíron e o próprio Mercúrio, deu nisto. Ajudado por um quindecile ao Sol. Não esqueçamos a Lua, lá em cima a trabalhar os mesmos planetas. É um caso exemplar, que deixo aqui para memória futura.

15 de outubro de 2008

Mercúrio fica hoje directo


Mercúrio fica hoje directo. Mais 3 ou 4 dias para adquirir a sua velocidade habitual. É tempo de seguir em frente e arranjar o que ficou eventualmente desarranjado ou atrasado. Nunca uma retrogradação de Mercúrio me tinha trazido tantas situações inesperadas. Um Mercúrio retrógrado em plena fase de crise financeira internacional, não foi coisa simpática de se ver e entender. Foi uma grande confusão. Em termos pessoais, o lado positivo foi ter conseguido terminar a leitura de dois livros, ter falado muito mais do que é habitual com as minhas irmãs e, sobretudo, tomar nota no meu caderno de apontamentos de várias ideias que me ocorreram nesta fase para tentar aplicar agora e ao longo de 2009.

Blog Action Day 2008 - Poverty - Pobreza


Hoje é o «Blog Action Day» - o dia em que dezenas de milhares de blogues em todo o mundo chamam a atenção para um tema. O de hoje é a pobreza. Imagem de Carf.

13 de outubro de 2008

Uma Lua cardinal

Já aqui tinha comentado que o portátil que uso em casa se tinha avariado na segunda-feira passada, dia 6 de Outubro. Foi para a oficina e aguardei 8 dias para saber o que realmente se passava, pois apenas sabia que se tinha queimado qualquer coisa.

Soube hoje, por volta das 14 horas. Queimou-se algo de tão importante e com custos de reparação tão absurdamente caros que o melhor é ponderar na compra de um novo portátil de valor médio, pois aquilo que faço não exige grandes máquinas.

Tive a curiosidade de ver o meu mapa e apresentou-se este cenário. A Lua em trânsito entrou no grau 1 de Carneiro (ponto cardinal) e fez quadratura a Úrano natal, também em ponto cardinal de Câncer, na segunda casa. Com Plutão em trânsito a fazer uma oposição ao mesmo Úrano. Claro que a avaria já se tinha dado, mas a informação definitiva só a recebi hoje.

Já agora, espero que Mercúrio fique directo antes de adquirir o novo portátil.
Lá vai ficar tudo atrasado mais uma semana. A vida é assim!

Os ciclos de Úrano

O tempo real do ciclo de Úrano: 83 anos, 9 meses e 3 dias. O ciclo arredondado: 84 anos. Durante o ciclo completo: Úrano fará aspectos uma vez com todos os planetas - 1 conjunção, 1 oposição e 2 quadraturas, 2 sextis 2 trígonos e 2 quincúncios.

Por ano está: em movimento directo durante 7 meses e em movimento retrógrado, durante os 5 meses. Na mudança de estação (de directo a retrógrado e novamente a directo), se Úrano fizer um aspecto com um planeta natal, repete esse aspecto 3 vezes.

Há três ciclos importantes:

- Ciclos de 7 anos - 84 anos : 7 = 12 ciclos
- Ciclos de 28 anos - 84 : 28 = 3 ciclos (juventude – vida adulta – fim de vida)
- 12 ciclos de 7 anos na sua caminhada pelos signos

- O ciclo de 7 anos corresponde a estas idades: 0, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84. Habitualmente, apresenta um padrão que pode ser aplicado com êxito à vida adulta, pois corresponde às fases de expressão e desenvolvimento pessoal.

Estes ciclos podem: reflectir padrões repetitivos de vida; reflectir uma confrontação permanente com aspectos da personalidade que ainda precisam ser solucionados; coincidir com aspectos de Úrano em trânsito com os planetas natais, principalmente os de natureza mais desafiadora.

Em cada ciclo de 7 anos: cada “ano” actua como símbolo de uma fase diferente do ciclo completo em termos da vida pessoal; cada "ano" começa no dia do aniversário da pessoa e termina no aniversário seguinte; o primeiro ano começa no nascimento.

As idades em que começam os ciclos de 7 anos estão indicadas abaixo, assim como os anos dentro de cada signo.

0, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84
1, 8, 15, 22, 29, 36, 43, 50, 57, 64, 71, 78
2, 9, 16, 23, 30, 37, 44, 51, 58, 65, 72, 79
3, 10, 17, 24, 31, 38, 45, 52, 59, 66, 73, 80
4, 11, 18, 25, 32, 39, 46, 53, 60, 67, 74, 81
5, 12, 19, 26, 33, 40, 47, 54, 61, 68, 75, 82
6, 13, 20, 27, 34, 41, 48, 55, 62, 69, 76, 83

Exemplo: Tenho 59 anos. Olhando para a lista, pode verificar-se que estou no 4º ano do meu actual ciclo de Úrano, que se iniciou quando completei 56 anos. Na prática quer dizer que estou no pico de um ciclo, iniciando-se agora a fase de consolidação do mesmo, até que se desfaça impulsionando-me para novo ciclo, novos inícios, novas experiências.


11 de outubro de 2008

Plutão, quando manifesta o lado sombrio da humanidade

Manifestações perversas de Plutão: tudo aquilo que o ser humano não consegue fazer isoladamente, mas em grupo atreve-se às manifestações mais sombrias. Como parte de um grupo, essas pessoas sentem possuir autoridade para as suas manifestações negativas, sobretudo se forem contrárias aos interesses das maiorias. Exemplos: Mafia, gangs, Ku Klux Klan, bandos neonazis, associações criminosas, grupos para o contrabando, proxenetismo, drogas... Todas aquelas manifestações onde a Luz não se sente. É o umbral no mundo terreno.

Alguns exemplos de guerras no mundo: Em 1914, a I Guerra Mundial começou quando Plutão estava no grau dois de Caranguejo (signo cardinal). Em 1939 a Inglaterra declarou a guerra à Alemanha, iniciando-se assim a II Guerra Mundial, com Plutão no grau dois de Leão (signo fixo). Em 1957, com Plutão no grau dois de Virgem, começou a guerra no sudeste da Ásia. Em 1972, Plutão estava no grau dois de Balança (signo cardinal), quando foi declarado o fim da guerra no Vietname, quando na realidade, intensificaram-se os bombardeamentos americanos naquele país asiático, prolongando a guerra por mais alguns anos, marcando profundamente os EUA.

Outro dia escreverei sobre o lado luminoso de Plutão.

10 de outubro de 2008

O contacto entre Vénus e Plutão - o casamento homossexual

A palavra que encontro e que melhor define este contacto é o verbo «estranhar». Tanto serve para um trânsito de Vénus a Plutão, como o oposto, de Plutão a Vénus. O que os diferencia é o tempo que dura um trânsito ou outro. Claro que um trânsito de Plutão é muito mais intenso e possivelmente, arrasador.

Primeiro, comentarei o trânsito em si e só lá para o fim, é que darei o exemplo do caso legislativo do casamento entre homossexuais.

Se a pessoa que recebe esse contacto tem tendência a ser manipuladora [há tantas assim!], verificará que essa energia sombria será posta a nu. Serão derrubadas e mostradas todas as tentativas de manipulação. É necessário haver transparência nas intenções e actuações. A pessoa vai estranhar profundamente o ver-se privada de uma energia tão abusiva. Sofrerá com isso.


Sentimentos como o ciúme e o desejo sexual poderão ter grande preponderância. É uma oportunidade de ouro para a pessoa trabalhar esse lado das suas compulsões. É uma aprendizagem séria e profunda, o ter que desanuviar a mente e os desejos, centrando-se em si, fazendo o possível para não infernizar a vida dos outros. Estes ciúmes não têm que ser unicamente referentes ao ser amado, ou pseudo-amado. A ciumeira pode instalar-se em todos os campo da vida.

É frequente acontecer que a pessoa sinta-se muito atraído por alguém muito «estranho», diferente do que é corrente. A pessoa sabe que pode meter-se em sarilhos, mas segue em frente, à procura do abismo.

Outra possibilidade deste trânsito é o factor «lealdade». Poderá ser uma lealdade obsessiva. Há uma forte sensação de sentir que deve lealdade ao outro. Como sabemos, esse sentimento, advindo de uma compulsão, pode fazer estragos - a tal lealdade pode transformar-se em falta de consideração pelos outros, incapacidade de analisar os sentimentos dos outros, o verificarem-se indiscrições constantes.

É frequente a existência de comportamentos que apontam para casos de infidelidade. Portanto, a possibilidade da pessoa ter casos extra-conjugais. Quando o trânsito passa, instala-se a infelicidade pelo ocorrido, pois estes casos amorosos não são estáveis, nem duradouros. Nem fazem bem à alma. Estas situações trazem frequentemente problemas de pele, significando que a pessoa não se sente bem com ela própria.

Podem surgir velhos ressentimento, amarguras, motivos de infelicidade e desejos ocultos. É uma óptima oportunidade para aproveitar e tentar crescer como pessoa, usando o bom senso, a integridade, aprendendo a relacionar-se, desfazer equívocos e, sobretudo, aprender a ser feliz, aceitando-se e aceitando os outros como realmente são.

Gostaria de vos dar um exemplo de como funciona a astrologia mundana a nível destes contactos Vénus-Plutão. Neste exacto momento [manhã do dia 10 de Outubro], os deputados portugueses estão a debater na Assembleia da República, o casamento entre homossexuais. Os resultados são previsíveis pois já foram previamente anunciados - um «não». Se fizerem os trânsitos ao mapa de Portugal [15 Março 1143 - 12h - Guimarães] rapidamente encontrarão uma oposição, ainda aplicativa, de Vénus a Plutão. O Plutão (governo) da nação está em Touro a 21º 16'. Vénus (assuntos do amor e do sexo) em trânsito está em Escorpião a 19º 21'.

No dia 11 de Outubro (sábado), Vénus estará no grau 21 de Escorpião. No dia seguinte, domingo, dia 12, Vénus passa para o grau 22. A oposição começa a ser separativa. O debate no Parlamento só poderia ser no dia de trabalho útil, ou seja, no dia 10, sexta-feira, último dia possível para «este» debate. Quem quiser, pode dar uma gargalhada de admiração... pela consistência cósmica em relação ao mundo em que vivemos.

Em Scorpio... estão a ver? O regente de Scorpio é Pluto. Touro é regido por Vénus. Há aqui uma recepção mútua, que fortalece e engrandece esta discussão que envolveu a sociedade civil. Há vários dias que a imprensa não fala de outra coisa. Só foi suplantado nos media pela crise financeira mundial.

6 de outubro de 2008

krcrhskrcrhskk

Neptuno (21º 40' de Aquário) começou a sua desaceleração com vista a retomar o seu movimento directo em 2 de Novembro. Quíron (16º 14' de Aquário) também iniciou a sua desaceleração para retomar o seu movimento directo em 25 de Outubro. Plutão (28º 42' de Sagitário) já no ponto cardinal, está a aproximar-se do grau 29 e pouco depois entrará em Capricórnio (27 de Novembro).

Até agora, nada de especial, certo? Posicionamentos comuns. Olhem com atenção para o mapa do céu e vejam como a Lua, ao longo do dia 6 de Outubro, fez uma conjunção a Plutão (às 2h00 TMG) e semi-quadraturas a Neptuno e Quíron.

Úrano mantém-se constante no seu movimento retrógrado (a 19º 46' de Peixes) a fazer uma oposição a Saturno (a 15º 54' de Virgem).

Traduzindo tanto hermetismo: as bolsas de todo o mundo começaram a ranger com violência - «kRCrHsKrcRhSKk».

Veio tudo por aí abaixo. Agora, o «povo bolsista» [leia-se: donos da massa] quer vender a todo o custo. As bolsas não chegaram a fazer aquele ruído que todos temem - cRAaaSH. Andou lá perto.

4 de outubro de 2008

Exemplos dos trabalhos conjuntos de Saturno e Neptuno


O trânsito de Saturno, fazendo quadratura a Saturno natal, por volta dos 21 anos, é um prenúncio do que poderá acontecer quando ele fizer o seu 1º retorno, cerca dos 29 a 30 anos. Quanto ao trânsito de Neptuno, parece haver a ideia generalizada de não se dar importância aos chamados aspectos menores. Convém olhar para isso, pois entre os 18 e os 21 anos, Neptuno tanto pode fazer o seu primeiro sextil, como a sua primeira semi-quadratura a ele mesmo, no natal. Depende do signo em que se encontrar. Obviamente, os exemplos que dou a seguir, devem ser devidamente enquadrados no mapa natal de cada uma das pessoas.

Shakira - 2 Fev 1977 - Barranquilla, Colômbia

No mapa natal: Saturno em Leão em oposição ao Sol em Aquário e trígono a Neptuno e sextil a Plutão. Neptuno, por seu lado, faz trígono ao Sol. As imagens mostram-nos a transição da fase da quadratura à conjunção de Saturno. Excelente mudança para um cisne lindo.

Angelina Jolie - 4 Jun 1975 - 11:52 - Los Angeles, CA, USA

No mapa natal: Saturno em Câncer em contactos estreitos e fortes com a Lua, Marte e Júpiter. No caso de Neptuno, vemos ligações com o Sol, Lua e Marte. Hoje podemos olhar para uma mulher que amadureceu, criou estrutura e tornou-se numa das mulheres mais lindas do mundo.

Amy Winehouse - 14 Set 1983 - Londres, RU

No mapa natal: Neste exemplo, as notícias não são as melhores. Amy Winehouse tem 25 anos, ainda não passou pelo 1º retorno de Saturno, mas a quadratura dos 21 fez sérios estragos. Saturno em Escorpião está peregrino. Leva-a a experimentar extremos. Neptuno em Sagitário está em mau estado celeste, em contacto com todos os planetas pessoais. Na fase dos seus 21 anos, Amy foi muito influenciada por um Neptuno em trânsito perigosamente peregrino, fazendo de seguida uma quadratura a Saturno.

2 de outubro de 2008

Quando Júpiter recebe um trânsito de Saturno

Quando nos deparamos com este trânsito num mapa, convém avaliar com parcimónia o estado celeste de Júpiter natal. Se estiver dignificado, Saturno deixa os seus avisos, as suas recomendações e também alguma reprimenda. Se Júpiter estiver debilitado, conte com maior severidade por parte de Saturno como representação de si mesmo.

Pode ser excelente para imprimir durabilidade a uma carreira ou profissão. No entanto, se for uma oposição, conte com alguma resistência de Saturno, sobretudo no momento em que ele ficar retrógrado. Pode encontrar reconhecimento público, mudar de trabalho e sentir que está a actuar com racionalidade e firmeza.

No lado oposto, dependendo muito do que andou a fazer nos 6 a 7 anos anteriores, pode deparar-se com obstáculos provocados por personalidades com autoridade e poder, ou então enfrentar-se ao Poder, como entidade estatal ou jurídica. Pode ser uma fase de acentuada ausência da sorte.

Este trânsito pode incutir na pessoa a sensação que é levada a refrear a sua forma habitual de ser e dar por ela a parar para avaliar com desconfiança os assuntos que acontecem à sua volta. O cuidado aqui, é evitar entrar nas famosas teorias da conspiração. No entanto, surgirão oportunidades para se livrar de falsos amigos e evitar compromissos arriscados. Se não está seguro dos seus sentimentos, não é bom momento para marcar datas de casamento. Por vezes, dão-se separações.

Pode ser muito positivo se a pessoa não for muito racional por natureza, pois será benéfico para a ânsia de posse, devido à capacidade de autocrítica que a pessoa sente. Os planos na área dos sentimentos e das finanças podem sair reforçados. Pelo menos há a possibilidade de não se endividarem em muitos milhares de euros só para terem o chamado casamento de sonho.

No outro lado deste espectro, podemos encontrar que atravessam um prolongado período de desânimo e desconfiança, a maioria das vezes sem motivos fortes, já que existe uma tendência de sobrevalorização dos seus próprios problemas. Evite rupturas desnecessárias. Pode aproveitar para aprender a não se lamentar e procurar interiorizar consigo mesmo.

Este trânsito, numa certa idade, permite à pessoa pensar e saber encarar com serenidade a sua idade e adaptar a sua vida aos novos desafios que se apresentarão.

Foto: Fortaleza de S. Sebastião na Ilha de Moçambique.

1 de outubro de 2008

A genealogia mitológica de Quíron

Quíron, no nosso mapa, existe para nos obrigar a sermos nós próprios, e como habitualmente não o conseguimos, daí surgir a frustração nas nossas vidas. Por isso, o considerá-lo o planeta do como fazer.

Este corpo celeste fala-nos duma ferida (física, material, psicológica ou mental) algumas vezes provocada por acidente, por distracção, por algo irrazoável ou que nunca é esperado, introduzindo, desse modo, o tema do sacrifício na vida da própria pessoa: na sua «imortalidade», na sua projecção mundana, na sua saúde, na sua vida material, etc. Quíron introduz o sacrifício que, se positivamente encarado, leva a procurar pela cura dos outros, o alívio para o sofrimento pessoal.

Quíron representa um passo importante na descoberta das fragilidades, desajustamentos e incoerências humanas, através da compreensão da inutilidade de se lutar contra ou fugir daquilo que é a nossa realidade e essência mais básicas. É por ser insolúvel a dor sentida, que obriga ao caminho em direcção à mestria das energias humanas; é por estar compulsivamente presente que Quíron não permite que se desligue ou se abandone o caminho traçado; é por não parecer ter explicação ou justificação que o sofrimento se torna dificilmente esquecido.

É muito interessante analisar a “genealogia mitológica” de Quíron: é filho de Saturno (Terra 3D), neto de Urano (céu - espírito) e de Gaia (a entidade logóica que chamamos planeta Terra), meio-irmão de Júpiter (Zeus - Leis - a consciência do nosso corpo físico). Foi acolhido e educado pelo Sol (Apolo - o Ser - a vitalidade ou vida no corpo) e Lua (Artemis - a consciência do nosso corpo mental). Tio de Marte (a consciência do nosso corpo emocional), pois este é filho de Júpiter.

Marte deve ter tido umas aulas com o tio, pois ambos têm uma energia muito similar. Funções diferentes, mas energias similares. Muito determinados.

Um momento de descontracção - Bollywood político

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates